MENU

Cabisbaixo, Vitória recebe o Inter, que segue olhando para o topo

Cabisbaixo, Vitória recebe o Inter, que segue olhando para o topo

Atualizado: Quarta-feira, 1 Setembro de 2010 as 7:18

Um time meio cabisbaixo e outro que só pensa em olhar para cima se encontram nesta quarta-feira, às 19h30m (de Brasília), pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto o Vitória vai a campo por à prova os efeitos da bronca aplicada pelo técnico Toninho Cecílio no grupo rubro-negro após a derrota para o Corinthians, o Inter chega ao Barradão, em Salvador, com a meta de seguir na cola dos líderes para coroar a temporada com o título nacional.

O Premiere exibe a partida para todo o Brasil, pelo sistema pay per view. O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances em Tempo Real.

Com 21 pontos, o Leão baiano, que não vence há duas rodadas, ocupa a 14ª posição da tabela, enquanto os gaúchos, que, assim como o Santos, disputaram uma partida a menos que as demais equipes, somam 27 e são os quartos.

Vitória conhecerá efeitos da bronca

A preparação do time do Vitória para o duelo desta quarta-feira contra o Internacional começou com uma bronca seguida de bate-boca entre o técnico Toninho Cecílio e o lateral-esquerdo Egídio. Apesar disso, o grupo rubro-negro dá sinais de que já se acertou internamente e que está pronto para levantar a cabeça. Tanto que o lateral – que havia ficado fora da partida contra o Corinthians - teve seu retorno ao time confirmado.

Além de Egídio, o Leão contará, novamente com o zagueiro Anderson, que volta após cumprir suspensão automática contra o Timão.

Soares, que recebeu o terceiro cartão amarelo, não será opção para o treinador nesta quarta, assim como o veterano Ramon, que ainda se recupera de lesão e desfalca.

Talismã no lugar de D'Alessandro

O Inter mantém a rotina de desfalques para o jogo contra o Vitória. Desta vez, a ausência mais sentida é D'Alessandro, convocado para defender a seleção argentina. O alento é que o substituto dele é Giuliano, o talismã, destaque vermelho na Libertadores, com seis gols.

- Em termos de esquema tático, não muda nada. Em termos de características individuais, sim. O D'Alessandro segura mais a bola, participa. E o Giuliano acelera mais o jogo - comentou o técnico Celso Roth.

O zagueiro Bolívar, suspenso, também está fora. Será substituído por Sorondo. No meio, fica uma dúvida entre os volantes. Como Wilson Matias volta de suspensão, Glaydson e Derley disputam uma vaga. Guiñazu, lesionado, segue fora, assim como o centroavante Alecsandro.  

veja também