MENU

Capitão santista lembra Tolima e pede máxima atenção ao Táchira

Capitão santista lembra Tolima e pede máxima atenção ao Táchira

Atualizado: Quarta-feira, 9 Fevereiro de 2011 as 8:18

Os jogadores do Santos ainda não têm muitas informações sobre o Deportivo Táchira-VEN, primeiro adversário alvinegro na Taça Libertadores. No entanto, o exemplo do Tolima, equipe colombiana que também não era muito conhecida e acabou eliminando o Corinthians na semana passada, é lembrado pelos alvinegros.

O zagueiro Edu Dracena afirma que o Santos precisa respeitar todos os adversários, mesmo que sejam equipes sem muita tradição. Ele lembra que são exatamente os times menos cotados que acabam aprontando.

- O futebol sul-americano está crescendo muito. Não existe mais time fácil de ser batido. Ninguém conhecia o Tolima e eles eliminaram o Corinthians. E penso o seguinte: se está disputando a Libertadores é porque tem qualidade - afirma o capitão santista.

Os santistas, porém, não irão viajar no escuro. O auxiliar-técnico Marcelo Martelotte esteve acompanhando, de perto, partidas do Deportivo Táchira e está preparando um relatório para o técnico Adilson Batista.

- Eu bati um papo com o Marcelo e ele já me passou que o Táchira tem um centroavante bem alto e forte, que vai bem no jogo aéreo. Temos mais alguns dias para buscarmos mais informações – concluiu Dracena. Santos e Deportivo Táchira estão no Grupo 5 e jogam terça-feira, às 23h15m (horário de Brasília), em San Cristóbal, Venezuela.  

veja também