MENU

Carlos Alberto e uma certeza: "Vou vencer no Grêmio"

Carlos Alberto e uma certeza: "Vou vencer no Grêmio"

Atualizado: Domingo, 13 Março de 2011 as 9:30

Carlos Alberto queria transformar o jogo deste sábado, contra o Cruzeiro-Poa, em um marco de seu crescimento no Grêmio. Ele foi o único titular designado por Renato Gaúcho para ir a campo em meio a um time de suplentes, ganhou a braçadeira de capitão e até fez trancinhas azuis no cabelo para homenagear a torcida. Mas não deu nada certo. Após desempenho regular no primeiro tempo, ele foi expulso na etapa final da derrota por 2 a 0 no Olímpico. Porém, não perdeu a confiança.

O jogador segue convicto de que terá uma passagem vitoriosa pelo Grêmio. Ele lamentou muito a expulsão no Olímpico.

- Eu precisava jogar neste sábado. Estava correndo, me dedicando. Estou muito feliz nesse clube. Vou vencer aqui. Vai ser um ano de vitórias – disse ele.

Carlos Alberto comentou seu posicionamento em campo. Ele vem sendo escalado por Renato Gaúcho como um meia de chegada ao ataque. Em breve, o camisa 19 poderá jogar ainda mais adiantado.

- Minha autocrítica é sobre a forma de jogar. Muita gente tem me criticado sobre meu posicionamento. O treinador, no caso, o Renato, quando cheguei, me deu a oportunidade de jogar. Chegando aqui, você acha que eu ia dizer que não posso jogar nessa posição? Ele tem visto minha luta. Vou vencer aqui. O vento ruim passa, como o vento bom. Vocês viram que eu estava fazendo uma boa partida – comentou o meia.

O jogador disse que foi ofendido pelo árbitro Márcio Coruja na partida deste sábado, mas não revelou os termos supostamente usados. O juiz, porém, negou que tenha agredido verbalmente o jogador, expulso por, na visão de Coruja, tentar simular um pênalti.  

veja também