MENU

Carpegiani critica falta de vibração e diz que elenco pode sofrer mudanças

Carpegiani critica falta de vibração e diz que elenco pode sofrer mudanças

Atualizado: Quinta-feira, 25 Novembro de 2010 as 9:56

Se para o torcedor do São Paulo, a reta final do Campeonato Brasileiro não significa nada, para o técnico Paulo César Carpegiani será a oportunidade derradeira para pensar no elenco que será formado em 2011. Irritado com o desempenho e com a falta de vibração mostrada pela equipe nas últimas partidas, ele deixou claro: tem muito jogador que precisa mostrar serviço para continuar na próxima temporada.

- Acho que o time tem de ser mais vibrante e vou cobrar isso para o ano que vem. Comigo tem que ser assim, aliado à organização em campo e à qualidade técnica. Não foi somente contra o Fluminense. Foi lá atrás, contra o Vasco e no primeiro tempo contra o Corinthians. Vou buscar essa vibração, e enquanto não encontrar não vou ficar satisfeito. Quem não se encaixar nisso, não vai continuar no ano que vem. Isso está muito claro -  disse o treinador do time do Morumbi.

Carpegiani já teve algumas conversas com a diretoria do São Paulo para mostrar o que precisa para a próxima temporada. Ele quer dois laterais, um volante e um meia. E avisou: as contratações precisarão ser cirúrgicas. Quem chegar, será para ser o dono da posição. Caso isso não seja possível, ele prefere compor o grupo com atletas das categorias de base que treinam no CT de Cotia.

- Vamos buscar jogadores que possam vir e solucionar o problema. Se é para compor o grupo, vamos usar o elenco da base. É preciso cautela para não saturar o elenco. Serão contratações cirúrgicas, e tem que casar com o lado financeiro. Acredito que um grupo para o ano que vem deve ter entre 25 e 27 jogadores – ressaltou Carpegiani.

Dos atletas que estão emprestados, três serão reavaliados no início de 2011 e um já teve o seu destino definido. O lateral-direito Wagner Diniz, que está emprestado ao Atlético-PR, continuará no clube paranaense para mais uma temporada. Já o meia Marcelinho Paraíba, que foi devolvido pelo Sport, e os atacantes Henrique e Mazola, que defendem Vitória e Guarani no Brasileirão, irão se reapresentar em janeiro no CT da Barra Funda e farão a pré-temporada com o elenco. Se agradarem Carpegiani, poderão continuar. Caso contrário, serão novamente emprestados.

Por: Marcelo Prado

veja também