MENU

Carpegiani evita culpar antecessores pela campanha insuficiente

Carpegiani evita culpar antecessores pela campanha insuficiente

Atualizado: Segunda-feira, 8 Novembro de 2010 as 3:33

O desempenho de Paulo César Carpegiani no comando do São Paulo é bastante positivo: ele tem 71,4% de aproveitamento dos pontos que disputou, com cinco vitórias e duas derrotas. O problema é que a derrota do último domingo, por 2 a 0, para o Corinthians, surgiu na hora errada. O resultado deixou o Tricolor a cinco pontos do Botafogo, último colocado do G-4, e com isso a vaga para a Libertadores ficou mais distante. Carpegiani paga pelos resultados ruins somados antes de sua chegada ao clube?

Sérgio Baresi, seu antecessor, obteve 45,2% dos pontos, com cinco vitórias, cinco derrotas e quatro empates. E Ricardo Gomes conseguiu 41,6%, com quatro vitórias, três empates e cinco derrotas (Milton Cruz, como interino, registrou um empate). Mesmo com aproveitamento superior, o atual comandante não acha que deveria ter sido contratado antes.

- Quero sempre ganhar, não vou falar isso, acho que não, poderia encher o peito e dizer que sim, mas não concordo. Cheguei no momento em que o São Paulo tentou algo, não vim antes porque primeiro o time estava na Libertadores, e depois o clube apostou em um treinador. Cheguei quando o São Paulo precisava trocar. Não farei críticas aos meus antecessores. A campanha é razoável, mas não é suficiente em termos de pontuação. Estou seguro, pois sei onde temos que melhorar bastante - ressaltou Carpegiani.

Por: Carolina Elustondo

veja também