MENU

Carpegiani já pensa no Tricolor com Luis Fabiano e promete agressividade

Carpegiani já pensa no Tricolor com Luis Fabiano e promete agressividade

Atualizado: Segunda-feira, 14 Março de 2011 as 1:12

Embora Luis Fabiano não possa ser inscrito no Campeonato Paulista e só tenha condições de jogo dentro de 45 dias, o técnico Paulo César Carpegiani já pensa em como incluir o camisa 9 na equipe. Feliz da vida com a chegada do reforço de alto nível, ele deixou claro que jogadores como o Fabuloso jogam de qualquer maneira.     - Sem dúvida, foi uma grata surpresa. Ele tinha outras propostas, mas preferiu o São Paulo pela história que já criou, por ser querido pelos torcedores. Ele é um belíssimo jogador, é um goleador, quando você ganha um jogador como esse é obrigado a achar um lugar para ele. E é o que eu vou fazer. O Luis Fabiano não pode mais disputar o Campeonato Paulista e só tem condições de jogo daqui a um bom tempo. Mas eu já tenho na cabeça o time que vou escalar quando ele puder atuar – afirmou o jogador.

Com a chegada de Luis Fabiano, definitivamente o esquema 3-5-2 não será utilizado no São Paulo. Carpegiani manterá o esquema com três zagueiros, mas com um fazendo o papel de um falso lateral pela direita.     - Se vocês (jornalistas) fizerem a comparação do que eu escalei no ano passado terão uma ideia de que como pode ser o time. Tenho de ter cuidado para não fazer injustiças. Estou satisfeito com o meu grupo e vamos escalar aquilo que achamos ser necessário. Tenho um grupo de 18 jogadores que podem entrar a qualquer momento – ressaltou o treinador.

O time ideal usado por Carpegiani em 2010 teve: Rogério Ceni; Jean, Alex Silva, Miranda e Richarlyson; Rodrigo Souto, Carlinhos Paraíba e Lucas; Dagoberto, Ricardo Oliveira e Fernandinho. A diferença para o time de agora é que, como ele não tem Richarlyson, o zagueiro que atuará como falso lateral entrará na escalação. Na cabeça do treinador, o time inicial terá: Rogério Ceni; Rhodolfo, Alex Silva, Miranda e Juan; Jean, Casemiro (Carlinhos Paraíba) e Lucas; Dagoberto, Luis Fabiano e Fernandinho.

- Independente da escalação, o que posso dizer é que meu time sempre será ambicioso, agressivo. Não admito outro tipo de situação, independente do adversário. Prefiro jogar sempre buscando o gol adversário. Eu preciso me adaptar ao elenco que tenho. No início do ano, quando tínhamos Juan e Jean como laterais, a equipe tomou 12, 13 gols. Na sequência, conseguimos melhorar isso. Ainda falta para chegar ao patamar que considero ideal – ressaltou o treinador.    

veja também