MENU

CAS pede mais um dia para finalizar laudo do caso de doping de Jobson

CAS pede mais um dia para finalizar laudo do caso de doping de Jobson

Atualizado: Terça-feira, 13 Setembro de 2011 as 11:30

Depois de dois anos, Jobson recebe o veredicto

do CAS nesta quarta-feira  (Foto: Agência Estado)

  Mais um dia de espera para Jobson. Depois de dois adiamentos, a Corte Arbitral do Esporte (CAS) enviou um comunicado aos advogados do jogador para informar que ainda está em processo de finalização do laudo do caso de doping. Com isso, a decisão sobre o futuro do atacante deverá ser divulgada somente nesta quarta-feira.

Entenda o caso

Jobson foi flagrado no exame antidoping na reta final do Campeonato Brasileiro de 2009, em partidas contra o Coritiba e o Palmeiras, quando defendia o Botafogo. O laudo apontou uso de cocaína; diante do juiz, o atacante admitiu ter usado crack. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva julgou o caso e condenou o jogador a cumprir dois anos de suspensão. No entanto, após recurso, a pena foi reduzida a seis meses e cumprida no primeiro semestre de 2010.

O processo terminaria aí, se a Wada (Agência Mundial Antidoping) não tivesse entrado com um recurso: a instituição considerou a punição muito leve e pediu a pena base para casos de doping, que é de dois anos de suspensão.

O atacante foi julgado pela CAS, na Suíça, no dia 21 de junho. Como já cumpriu seis meses de suspensão, Jobson pode ficar fora dos gramados por mais um ano e meio, caso seja condenado à pena máxima. No entanto, a Corte também pode aplicar uma pena intermediária, de um ano de suspensão, por exemplo.

Existe ainda a possibilidade de que Jobson seja banido do esporte. Se a CAS interpretar as partidas contra Coritiba e Palmeiras como dois casos de doping independentes, configura-se a reincidência e o atacante pode ser banido - como ocorreu com a nadadora Rebecca Gusmão, flagrada no antidoping em duas ocasiões em uma única competição.

Sem clube desde que deixou o Bahia, Jobson ainda tem vínculo com o Botafogo, mas não faz parte do planejamento para esta temporada. Liberado para negociar com outro clube, o atacante já recebeu ligações de Barueri e Vila Nova.            

veja também