MENU

Cassano mostra entrosamento com Robinho, e Milan vence. Lazio tropeça

Cassano mostra entrosamento com Robinho, e Milan vence. Lazio tropeça

Atualizado: Quinta-feira, 6 Janeiro de 2011 as 4:35

Mesmo desfigurado com a ausência de cinco titulares, além do brasileiro Ronaldinho Gaúcho, o Milan provou que não é líder do Campeonato Italiano à toa. Na base do talento individual de Cassano e Robinho, o Rubro-Negro venceu o Cagliari, por 1 a 0, nesta quinta-feira, fora de casa, em jogo válido pela 18ª rodada. O gol foi de Strasser, aos 40 minutos da etapa final, justamente após bela jogada da dupla. Foi a estreia oficial do polêmico artilheiro italiano, que já havia atuado no amistoso diante do Al Ahli, no último domingo.

O resultado transformou a rodada até então em perfeita para os rossoneros. Isso por que o Lazio, do meia brasileiro Hernanes, tropeçou diante do Genoa, fora de casa, e deixou o Milan abrir cinco pontos na ponta da competição (39 a 34). O Napoli, com 33, ainda entra em campo nesta quinta diante do Inter de Milão, do estreante Leonardo, e é o único que pode diminuir a diferença. Mais cedo, o Juventus foi goleado em casa pelo Parma, por 4 a 1, em jogo que Felipe Melo foi expulso ainda no primeiro tempo.

Os desfalques foram consideráveis: o zagueiro Nesta, o lateral Zambrotta, o volante Pirlo, o meia Boateng e o atacante Ibrahimovic. Além da ausência do reserva Flamini. Thiago Silva, totalmente recuperado de uma artroscopia realizada há menos de um mês, Pato e Robinho foram os brasileiros em campo pelo lado visitante. Nenê atuou pelos mandantes.

Cagliari é melhor

Apesar da importantíssima vitória, o Milan não foi tão bem. Talvez pelos inúmeros desfalques que o obrigaram a colocar o jovem Merkel, de 18 anos, entre os titulares. Ou talvez por um mau dia da ala ofensiva rubro-negra.

As melhores oportunidades ao longo do jogo foram do Cagliari. Após Robinho assustar aos 11 minutos, em chute que o zagueiro Astori salvou com os pés, os mandantes tomaram as ações. Aos 31, Canini subiu bem de cabeça e mandou a bola na trave direita de Abbiati. Aos 44, foi a vez de Matri obrigar o goleiro a praticar boa defesa.

Talento individual faz a diferença

Abbiati voltou a estar em evidência no segundo tempo, quando por muito pouco não levou um frangaço. Aos 7, o arqueiro deu a bola nos pés de Nenê, que mesmo sozinho na grande área, não conseguiu aproveitar. Robinho também desperdiçou boa oportunidade após passe de Pato, aos 21. O atacante brasileiro adiantou demais a bola e não chegou nem para dividir com Agazzi.

Boa parte da falta de ambição do Milan foi por água abaixo com a entrada de Cassano, aos 29, no lugar de Merkel. Com o trio ofensivo, os rossoneros voltaram a incomodar até que saiu o gol salvador. Aos 40, Robinho deu de calcanhar para Cassano, que enfiou para Strasser marcar. Já era o suficiente para uma boa festa no Dia dos Reis.

Sem Adriano, ainda fora de forma, Roma vira sobre Catania com Borriello e Vucinic

Adriano, assim como Ronaldinho Gaúcho, não fez falta nesta quinta. Sem o Imperador, que ainda está fora de forma de acordo com o técnico Claudio Ranieri, o Roma virou sobre o Catania, em casa, por 4 a 2, e subiu à quarta colocação, com 32 pontos. Os atacantes Borriello e Vucinic marcaram duas vezes cada, com Silvestre e Maxi López descontando.

Confira a 18ª rodada completa:

Quinta-feira

Juventus 1 x 4 Parma

Bologna 1 x 1 Fiorentina

Brescia 1 x 2 Cesena

Cagliari 0 x 1 Milan

Genoa 0 x 0 Lazio

Lecce 0 x 1 Bari

Palermo 3 x 0 Sampdoria

Roma 4 x 2 Catania

Udinese 2 x 0 Chievo

Inter de Milão x Napoli (mais tarde)

veja também