MENU

Cavegol à espera da Libertadores: orgulho de defender o campeão

Cavegol à espera da Libertadores: orgulho de defender o campeão

Atualizado: Terça-feira, 15 Fevereiro de 2011 as 9:21

Boa pergunta fez Fernando Cavenaghi enquanto os mosquitos, atraídos pelas luzes das câmeras no início da noite de segunda-feira no estádio do Barcelona de Guaiaquil, celebravam o banquete que encontravam nos braços dos jornalistas e atletas ali presentes. Um repórter equatoriano fez uma daquelas perguntas padronizadas, sobre como ele se sentia diante da estreia na Libertadores com sua nova camisa, mas o jogador soltou um suspiro, abriu os braços e retrucou:

- O que pode ser mais lindo do que jogar na equipe campeã?

Cavenaghi, o Cavegol, el Torito, começa nesta quarta-feira, contra o Emelec, a escrever sua trajetória como homem de Libertadores da América no Inter. Ele ficará no banco, mas tem todas as chances de ir a campo no decorrer da partida. E promete carregar nas chuteiras o orgulho por ter chamado a atenção do clube que, Mazembe à parte, é o atual dono da América.

- Representamos o campeão da Libertadores. Sabemos que em todas as partidas vão nos esperar assim. Temos que dar 120% para ganhar as partidas. Estou orgulhoso de que a equipe campeã tenha me buscado como reforço – disse o atacante.

Cavenaghi espera conseguir retribuir o que vem recebendo do clube. Ele diz que foi tratado da melhor maneira desde que chegou ao Beira-Rio.

- Tudo me surpreendeu muito. É um grupo muito bom. Sinto-me muito bem. O clube, desde o primeiro momento, me tratou muito bem.

El Torito disputa com Alecsandro e Leandro Damião a condição de centroavante titular do Inter. A vantagem, no momento, é do último, autor de cinco gols em três jogos em 2011.      

veja também