MENU

CBB anuncia amistosos pré-Mundial

CBB anuncia amistosos pré-Mundial

Atualizado: Segunda-feira, 22 Fevereiro de 2010 as 12

Diretor das seleções masculinas da Confederação Brasileira da Basquete (CBB), Vanderlei Mazzuchini afirmou que o Brasil deverá fazer uma série de amistosos e torneios internacionais como forma de preparação para o Mundial da Turquia, em agosto. Segundo o dirigente, que acompanhou o Jogo das Estrelas do NBB, neste fim de semana, em Uberlândia, dentro de 10 ou 15 dias a programação completa será anunciada.

Um destes torneios será nos moldes do Final Four, disputado no Rio de Janeiro no ano passado, e vai acontecer nos dias 7 e 8 de agosto, em Brasília, antes do Mundial. Além disso, Mazzuchini disse que, assim como aconteceu com os astros da NBA, outros brasileiros que atuam fora do país poderão receber Magnano para ver o interesse em atuar na seleção. Entre eles, Tiago Splitter e Marcelinho Huertas, que jogam na Espanha.

- Tudo pode acontecer. Está nos planos fazer isso (conversar) com o Thiago e com o Marcelinho. Marquinhos (atualmente no Montegranaro, da Itália, e que abandonou o Pré-Olímpico de 2007 por problemas com a seleção) é outro que faz parte dos planos. Não temos nenhum jogador vetado. Todos estão sendo olhados – disse o dirigente.

Vanderlei afirmou que, apesar de ter sido anunciado como novo técnico da seleção há pouco tempo, Magnano já tem uma boa ideia das opções para a equipe.

- Ele já conhece bastante nossos jogadores. Mais até do que nós esperávamos. Ele é um viciado em basquete. Mesmo no hotel, o que ele vê é basquete. E o contato que ele teve com os jogadores nos EUA foi importante para que o Rubén falasse do que ele pensa, passar o pensamento da CBB e, principalmente, dele para a seleção. E eles (jogadores) estão comprometidos com isso – afirmou.

O dirigente explicou que o técnico só não compareceu ao Jogo das Estrelas por ter um casamento na Argentina. Outra ausência foi a do presidente da CBB, Carlos Nunes. Segundo Mazzuchini, ele estava viajando, resolvendo assuntos pessoais. Além disso, disse que Magnano já deve morar no Brasil a partir de março.

veja também