MENU

CBF analisa quatro nomes para a vaga de Dunga na seleção

CBF analisa quatro nomes para a vaga de Dunga na seleção

Atualizado: Segunda-feira, 5 Julho de 2010 as 8:49

O novo técnico da seleção brasileira será anunciado até o final deste mês, mas a CBF já trabalha com uma lista de quatro nomes para substituir Dunga,   que foi desligado do cargo neste domingo , após a eliminação na Copa do Mundo: Mano Menezes, Ricardo Gomes, Luiz Felipe Scolari e até Leonardo. A única certeza que o presidente Ricardo Teixeira tem é que o próximo treinador precisa ter experiência – para suportar a pressão que um Mundial no Brasil trará – e saber trabalhar com jogadores jovens.

O corintiano Mano Menezes é um dos mais cotados. As recentes campanhas vencedoras no Grêmio e no Timão fizeram com que ele se tornasse um técnico em potencial para assumir a vaga. Mano consegue mesclar experiência e juventude nos seus elencos. Mas durante o desembarque da seleção no Brasil, o presidente do Corinthians, Andrés Sanches, que foi o chefe da delegação na África do Sul, descartava a ida de Mano para a vaga de Dunga. Naquele momento, a CBF ainda não tinha demitido o treinador.

- Mano tem contrato com o Corinthians até 2011. Essa é a realidade atual. Não tem nada de conversa com a CBF. Ele segue no Corinthians - apostou Sanches.

Semifinalista da Libertadores da América, o são-paulino Ricardo Gomes tem a admiração de Ricardo Teixeira. Ele esteve no comando da seleção pré-olímpica, mas não conseguiu classificar o Brasil para a os Jogos de Atenas, em 2004. No tricolor paulista, já tem gente da sua comissão técnica apostando que Gomes seja mesmo o favorito. O seu contrato com o São Paulo termina após a Libertadores. Os confrontos semifinais, diante do Internacional, estão marcados para os dias 28 de julho e 5 de agosto.

Felipão, campeão do mundo em 2002, sempre tem o nome comentado para retornar. Após se desligar do Bunyodkor, do Uzbequistão, ele acertou a transferência para o Palmeiras, mas ainda não assinou contrato. A sua apresentação ao Verdão foi adiada para depois da Copa, pois ele está trabalhando como comentarista em uma televisão sul-africana. Seu auxiliar, Flávio Murtosa, já começou a trabalhar no Palestra Itália preparando o terreno para Scolari chegar.

Muricy Ramalho ainda está na pauta, mas com menos força. O treinador do Fluminense, que vem fazendo boa campanha no Campeonato Brasileiro – o tricolor carioca está em terceiro lugar na classificação –, já esteve cotado antes. Durante as eliminatórias para a Copa de 2010, quando Dunga balançava no cargo, Muricy, na época ainda no São Paulo, onde ganhou três títulos nacionais, chegou a ser apontado como o substituto natural. O seu contrato com o Flu vai até o final do ano, com opção de renovação por mais duas temporadas.

Correndo mais por fora está Leonardo. Ex-técnico e ex-dirigente do Milan, o campeão mundial com a seleção brasileira em 1994 está parado. Quando se desligou do clube italiano, em maio passado, ele chegou a ser cogitado para assumir o Flamengo, mas o convite não existiu. Com bom trânsito na CBF, Leonardo está parado. Adilson Batista, Vanderlei Luxemburgo e Paulo Autuori são outros nomes que não podem ser descartados nessa briga.

Felipão é o preferido em enquete

Em recente pesquisa do GLOBOESPORTE.COM, Felipão foi apontado como o preferido dos internautas com 46% dos votos. Em segundo lugar apareceu Muricy (11%) e em terceiro, Mano (10%). Luxemburgo foi o quarto (9%) e Leonardo (7%) o quinto. Dos que votaram 7% também preferiam a manutenção de Dunga. O santista Dorival Júnior, com 4%, figurou na lista, à frente de Abel Braga (1%), Adilson Batista (1%) e Oswaldo Oliveira (0,5%).

O nome do novo técnico será anunciado até o fim de julho. A seleção brasileira já tem um compromisso marcado para o dia 10 de agosto, contra os Estados Unidos, em Nova Jersey.

veja também