MENU

Ceará e Inter empatam: Resultado justo e desagrádavel para os dois

Ceará e Inter empatam: Resultado justo e desagrádavel para os dois

Atualizado: Segunda-feira, 5 Setembro de 2011 as 8:03

Ceará e Inter fizeram uma partida bem movimentada e equilibrada e ficaram no empate por 1 a 1, neste domingo, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado foi justo pelo que produziram em campo, mas ruim para as duas equipes, que continuam no meio da tabela de classificação. Washington fez o gol do time da casa, e Jô, o dos visitantes.

Com o empate, o Ceará passou a somar 26 pontos e está na 13ª posição. O Inter tem agora 29 pontos e é o décimo colocado. O próximo jogo do time cearense será na próxima quarta-feira contra o Botafogo, no Engenhão. A equipe gaúcha receberá no mesmo dia o América-MG, no Beira-Rio.

Inter começa bem e termina mal o primeiro tempo

Como o dono da casa, o Ceará tentou dar as cartas, mas insistindo muito nas bolas alçadas para o centroavante Washington. O Inter, que saiu de um frio de 15 graus em Porto Alegre para o calor de 28 em Fortaleza, buscava mais o toque rápido de bola. E, numa boa tabela com Jô, Kleber chegou muito próximo de abrir o marcador para a equipe gaúcha, mas Diego impediu com excelente defesa.

Sem grandes ideias no meio de campo, o Ceará não conseguia criar lances de perigo, mas ganhou um de presente, quando Juan perdeu uma bola para Osvaldo, que desperdiçou, chutando mal. A partir dos 30 minutos, depois de o técnico Vagner Mancini pedir para o seu time entrar no jogo, o Alvinegro passou a pressionar o Inter e acabou encontrando o gol em pênalti cobrado por Washington, depois de ótima jogada de Osvaldo, derrubado na área por Rodrigo Moledo.

O Ceará se inflamou na arquibancada e no campo e quase chegou ao segundo, novamente com Washington, mas desta vez de cabeça, em lance que Muriel jogou a bola na trave. Por outro lado, o Inter demonstrou ter ficado abalado com a desvantagem e terminou o primeiro tempo sendo completamente dominado depois de um bom início.     Washington marcou seu gol em pênalti cometido por Rodrigo Moledo (Foto: Jarbas Oliveiras / Ag. Estado)     Ceará dá mole no início do segundo tempo

Para a etapa final, Dorival Júnior colocou o agora meia Ilsinho no lugar de Dellatorre, avançando Oscar para o ataque. E o técnico do Inter deu sorte, porque mal foi dada a saída e o Ceará vacilou. Jô aproveitou bem para empatar a partida e deixar a torcida colorada com menos saudade de Leandro Damião, que está na Seleção Brasileira. Após o gol, a partida tomou uma configuração que aparece muito no futebol atual, mas que ainda não havia acontecido: o time da casa no ataque e o visitante entrincheirado, esperando uma chance para contra-atacar.

Como Enrico, que errou no lance do gol do Inter, cumpria apenas burocraticamente a sua missão no meio alvinegro, Mancini - que não contava com o habilidoso Thiago Humberto - o tirou e colocou em campo Felipe Azevedo para tentar algo mais imaginativo no setor ofensivo de sua equipe.

Não adiantou muito, e aos poucos o Inter foi se soltando. Foi desta forma que Oscar perdeu excelente oportunidade de virar o jogo. Mas as iniciativas de ataque continuavam com o Ceará, que contava com a velocidade de Osvaldo para chegar mais próximo do gol defendido por Muriel. Além disso, a entrada do veterano Edmílson no lugar de Eusébio melhorou a qualidade do passe no meio alvinegro.

Quando o time da casa começava a ter mais posse de bola e presença no ataque, Dorival tirou o cansado Oscar para a entrada de Alex. No fim da partida, o Ceará se lançou em busca do segundo gol e abriu espaços muito perigosos em sua defesa. Sorte da equipe alvinegra que Jô fez novamente a torcida do Inter sentir muitas saudades de Damião ao jogar para a arquibancada um gol certo, frente a frente com Diego. No fim, o 1 a 1 foi justo, mas desagradável para os dois times.                        

veja também