MENU

Ceará freia Flamengo no Engenhão e abre vantagem

Ceará freia Flamengo no Engenhão e abre vantagem

Atualizado: Sexta-feira, 6 Maio de 2011 as 8:21

O Ceará não tomou conhecimento da fama de campeão invicto do Flamengo e conseguiu uma importante vitória no jogo de ida pelas quartas de final da Copa do Brasil. O time nordestino venceu por 2 a 1 em partida disputada na noite desta quinta-feira no Engenhão e quebrou uma sequência de 25 jogos sem derrotas rubro-negras.

O Vozão agora pode até perder por 1 a 0 em casa para garantir a vaga para as semifinais da competição. O Flamengo precisa vencer por dois gols de diferença ou marcar três gols na capital cearense para continuar sonhando com o título.

O jogo - Se o Flamengo esperava que o Ceará começasse a partida com uma postura defensiva logo começou a modificar o conceito porque a equipe nordestina mostrou que não estava disposta apenas a se defender. Seus atacantes marcavam a saída de bola da defesa rubro-negra e o time comandado por Vanderlei Luxemburgo encontrava dificuldade para manobrar.

Só aos nove minutos é que a equipe rubro-negra chegou pela primeira vez com perigo em cobrança de falta de Ronaldinho Gaúcho que Fernando Henrique defendeu com dificuldade, espalmando para escanteio.

A resposta cearense veio aos 12 minutos também em cobrança de falta de Marcelo Nicácio que explodiu na trave do goleiro Felipe. O lance despertou de vez o Flamengo e Ronaldinho apareceu mais uma vez aos 15 minutos em cabeçada que assustou Fernando Henrique.

O Flamengo trocava passes no meio campo tentando encontrar espaços para penetrar na defesa cearense. Já a equipe comandada por Vagner Mancini se defendia com competência e mostrava de vez em quando que estava viva na partida como aconteceu aos 21 em chute forte do lateral Vicente que obrigou o goleiro Felipe a defender com dificuldade.

O time da casa não se assustou e Thiago Neves lançou Deivid que, de calcanhar, lançou o lateral Galhardo que bateu cruzado para grande defesa de Fernando Henrique.A torcida empurrava e o Flamengo partiu para cima do Ceará mas continuava encontrando dificuldades para criar chances claras para marcar.

Aos 43 minutos, quando tudo indicava que o primeiro tempo terminaria empatado, o volante Willians atropelou Geraldo na entrada da área. Marcelo Nicácio cobrou com categoria e Felipe apenas assistiu a bola entrar.

O Flamengo voltou mais agressivo para o segundo tempo e disposto a mudar a história da partida. Logo aos dois minutos, Thiago Neves acertou o travessão de Fernando Henrique após cruzamento de Ronaldinho Gaúcho. O lance empolgou a torcida rubro-negra e aos quatro foi a vez de Ronaldo Angelim cabecear com gramde perigo.

O Ceará não conseguia sair da pressão e aos cinco minutos, foi a vez de Deivid quase aproveitar um cruzamento mas sua intervenção acabou tirando a bola de Ronaldinho que estava em melhor posição.

O time carioca não saía da área cearense e aos oito, Fernando Henrique e o zagueiro Erivélton se atrapalharam e Thiago Neves quase aproveita a bobeira para empatar mas o zagueiro cearense acaba evitando o píor para sua equipe.

A equipe nordestina se assustou com a pressão rubro-negra e não conseguia armar qualquer jogada, errando seguidos passes. Aos 17 minutos, Thiago Neves recebeu fora da área e bateu forte para nova defesa de Fernando Henrique. Aos 19, Ronaldinho furou bisonhamente ao tentar cabecear uma bola cruzada por Willians.

O Ceará parecia ter desistido de qualquer pretensão ofensiva e apenas se defendia. Aos 20, Botinelli cobrou falta e Fernando Henrique fez outra boa defesa.

E quando tudo indicava que o Flamengo chegaria ao empate, o Ceará acabou marcando o segundo gol. Geraldo é lançado, entra na área e toca na saída do goleiro Felipe. Os jogadores rubro-negro reclamam muito da arbitragem, alegando que o jogador do time visitante tinha usado o braço, mas o juiz considerou o lance normal e validou o gol.

Decepcionada, a torcida rubro-negra passou a vaiar seus jogadores e o técnico Vanderlei Luxemburgo fez duas mudanças para tentar mudar o panorama da partida, colocando Fierro e Wanderley nas posições de Rodrigo Alvim e Deivid que saíram vaiados.

As mudanças funcionaram. Aos 30 minutos, Fierro cruzou e Wanderley se antecipou aos zagueiros para colocar a bola no gol de Fernando Henrique.Um minuto depois o Flamengo quase empatou em cabeçada de Thiago Neves que passou muito perto da trave. Aos 34 minutos, Fierro novamente cruzou pela direita e Ronaldo Angelim cabeceou com precisão mas Fernando Henrique praticou outra grande defesa.

Acusado em seu campo, o Ceará apenas tratava de se livrar da bola enquanto o Flamengo aumentava a pressão em busca do gol de empate. Só que aos 37 minutos, Boiadeiro escapou pela direita e cruzou para Geraldo que entrava livre sem marcação e o jogador da equipe cearense desperdiçou a chance de liquidar a partida, chutando por cima.

Nos minutos finais, o Flamengo partiu para uma pressão desesperada em busca do gol de empate mas o time cearense soube segurar a pressão e conseguir a importante vitória.

veja também