MENU

Ceará marca no fim sai na frente do Grêmio-SP

Ceará marca no fim sai na frente do Grêmio-SP

Atualizado: Sexta-feira, 22 Abril de 2011 as 8:40

Um gol do atacante Washington, aos 45 minutos do segundo tempo, deixou o Ceará em vantagem sobre o Grêmio-SP na briga por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira, no Estádio Domingão, em Horizonte (o Castelão está em reformas), o Vozão venceu por 2 a 1 e agora depende de um empate para se classificar. Depois de sair na frente com um gol de pênalti de Geraldo, aos 11 minutos do segundo tempo, o Vozão diminuiu o ritmo e sofreu o empate aos 38, com um gol de Alceu. Os visitantes já comemoravam a igualdade com gols quando a estrela de Washington brilhou. Acostumado a marcar gols na reta final dos jogos no Campeonato Cearense, o centroavante fez valer a fama de talismã e decidiu a partida. Como marcou um gol longe de seus domínios, o Grêmio-SP depende de uma vitória por 1 a 0 no jogo de volta, quarta-feira que vem, em Presidente Prudente, para se classificar. Caso os prudentinos vençam por 2 a 1, a decisão será nos pênaltis. Quem se classificar enfrentará Flamengo ou Horizonte-CE na próxima fase. No jogo de ida, no Engenhão, os cearenses arrancaram um surpreendente empate por 1 a 1. O jogo - Mesmo com o gramado em más condições em função da forte chuva, o Ceará começou o jogo trocando passes com frequência, povoando o campo de ataque e criando diversas oportunidades. O nome do jogo era o atacante Marcelo Nicácio, que participava de praticamente todas as jogadas ofensivas do Vozão. Muito retraído, o Grêmio-SP chegava pouco. Mesmo assim, foi da equipe paulista a chance mais clara da primeira etapa: aos 29 minutos, Fernando Henrique salvou o Ceará com linda defesa após chute de Eraldo, desviado pela defesa. Dez minutos mais tarde, os mandantes responderam com Nicácio, que aproveitou saída de bola errada de Ednei, bateu firme e viu a bola raspar a trave. O panorama da partida seguiu igual no segundo tempo e a pressão do Ceará finalmente deu resultado. Aos dez minutos, Marcelo Nicácio apareceu novamente, desta vez para dominar no peito com estilo dentro da área e ser derrubado por Tesser. Pênalti que Geraldo cobrou com categoria, no canto direito do goleiro Leandro, que se jogou para o outro lado: 1 a 0. Minutos após a abertura do placar, Nicácio sentiu uma contusão e deu lugar ao veloz Osvaldo, mudando a característica da equipe. Com Iarley apagado à frente, o número de chances para o Vovô diminuiu e os visitantes se animaram. Tiago Tremonti, que entrou no lugar de Alex Maranhão, chegou a acertar o travessão em chute da entrada da área. Vagner Mancini, percebendo a queda de rendimento do setor ofensivo, trocou Iarley por Washington. Mesmo após atuação discreta, o atacante ex-Corinthians deixou o gramado aplaudido pelos torcedores. Ciente da importância que teria um gol fora de casa, o Grêmio-SP arriscou-se mais no campo de ataque após sofrer o primeiro gol. Deu certo: aos 38 minutos, em uma das várias bolas paradas alçadas à área por Saldanha, o volante Alceu - que entrou na vaga de Daniel durante o segundo tempo - cabeceou para deixar tudo igual. O Ceará voltou a pressionar e, aos 45, chegou ao tento decisivo. Osvaldo avançou pela direita e cruzou para Washington mergulhar de cabeça e tocar no canto direito de Leandro, dando números finais ao jogo.

veja também