MENU

Cearense se destacam Seletiva Petrobrás de Surfe, em Saquarema (RJ)

Cearense se destacam Seletiva Petrobrás de Surfe, em Saquarema (RJ)

Atualizado: Terça-feira, 23 Setembro de 2008 as 12

Depois de um dia dominado pelos surfistas locais, a última sexta-feira foi de festa para os cearenses na terceira e última etapa da Seletiva Petrobras de Surfe Masculino, na Praia de Itaúna, em Saquarema (RJ). Além de os atletas do Ceará terem conseguido as melhores pontuações da segunda fase, Messias Felix, que ocupa a quarta colocação, viu os três primeiros colocados do ranking perderem e abrirem o caminho para o seu bicampeonato.  Dos dez surfistas que chegaram a Saquarema nas primeiras posições do ranking da Seletiva, apenas quatro continuam na briga pelo prêmio título, que ficou completamente aberta. Além de Messias, o paulista Hizunomê Bettero, o catarinense Guga Arruda e o também cearense Adilton Mariano sobreviveram à segunda fase

O campeão da Seletiva após a realização de três etapas ganhará uma passagem para Mentawai, com uma ajuda de custo de US$1.500,00. Neste sábado, a partir de 8h, acontecem mais três fases, da competição que oferece R$ 40 mil em prêmios e mil pontos no ranking para o vencedor. A Seletiva Petrobras de Surfe pode ser assistida ao vivo pelos sites www.abrasp.com.br e www.spsurf.com.br, onde também é possível obter o resultado de todas as baterias.

Messias Félix foi que mais se beneficiou no dia, mas o conterrâneo Adilton Mariano conseguiu a maior somatória, com 15,33 pontos nas ondas que passavam de 1,5 metro e com boa formação em Itaúna. Apenas cearenses atingiram a marca de 15 pontos nesta sexta-feira. Além de Adilton Mariano, André Silva fez 15,16 pontos, enquanto Thiago de Souza cravou 15.

Além das derrotas de Jano Belo, líder, Renato Galvão, vice-líder, outra surpresa do dia foi eliminação de Raoni Monteiro. O surfista de Saquarema, que na véspera marcara 17 pontos, desta vez não se encontrou no quintal de casa e praticamente não surfou, assistindo ao duelo do jovem carioca Hugo Bittencourt com o paulista Odirlei Coutinho pela liderança da última bateria do dia, que ainda contou com Guilherme Herdy. O duelo foi vencido nos últimos segundos por Hugo Coutinho, que parecia não acreditar ao sair da água.

"Entrei com o coringa da bateria, para surfar. Numa bateria dessa, só com nomes consagrados, verdadeiros ídolos, era o que eu tinha de fazer. Quando consegui a minha primeira onda boa (7,83), fiquei mais tranqüilo para o restante da bateria", disse Hugo, que liderou a disputa praticamente toda, só perdendo a ponta nos minutos finais, para depois reconquistá-la.

A Seletiva Petrobras de Surfe Masculino tem o patrocínio da Petrobras, com o apoio da Lui Lui e Prefeitura de Saquarema. É uma realização da Abrasp, com a organização da Maxsports.

Fonte. Media Guide Comunicação

veja também