MENU

Celebridade até na Colômbia, Neymar inspira jovem da base do Once Caldas

Celebridade até na Colômbia, Neymar inspira jovem da base do Once Caldas

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 9:56

Que Neymar é uma celebridade no Brasil, não há mais dúvidas. Basta passar em alguma banca de jornal brasileira e ver a quantidade de pôsteres com fotos do craque do Santos. Agora, a fama do astro alvinegro já atravessou fronteiras. Em Manizales, Colômbia, onde o Peixe está para jogar contra o Once Caldas pelas quartas de final da Taça Libertadores, nesta quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), há uma mobilização em torno do jogador. Até seu corte de cabelo moicano já é imitado no local.

Daniel Cassiani posa ao lado de Neymar, pai do famoso atacante da Vila Belmiro (Foto: Adilson Barros/Globoesporte.com)  

O jovem Daniel Cassiani, de 16 anos, atacante da equipe sub-16 do Once Caldas, esteve no estádio Palogrande, na última terça-feira, para acompanhar o treino do Peixe e ver de perto o ídolo. Cabelo moicano, ele logo chamou a atenção. Tentou a todo custo uma foto com o camisa 11 santista. Não conseguiu. Teve de se contentar em conversar com o pai do astro, Neymar da Silva Santos.

  - Neymar é um grande jogador, habilidoso, joga com magia. Procuro me espelhar nele – comenta Daniel.

Para Neymar da Silva Santos, a popularidade do filho na Colômbia é motivo de orgulho. Ele não esperava esse tipo de assédio em Manizales. Quando viu a foto da pequena multidão que se aglomerou para esperar o garoto sair para o treino, ele se espantou:

- Isso foi para ele? Caramba...

Aguardando a saída da delegação alvinegra para o estádio, o grupo era tão numero que chegou a fechar a rua em frente ao hotel santista. Quando o atacante apontou na porta do hotel, a polícia teve de entrar em ação. As pessoas avançaram sobre Neymar a ponto de preocupar os seguranças da delegação santista.

Multidão se aglomera para ver a delegação santista em Manizales (Foto: Adilson Barros/Globoesporte.com)

O pai da estrela assegura que o filho lida bem com esse assédio. Diz que, a cada dia, há um aprendizado, mas afirma que Neymar não se deixa levar.

- Ele sabe é famoso, entende isso. Não dá para esconder. Mas não se sente uma celebridade, entende? Hoje em dia, mesmo sendo esse jogador que todos conhecem, ele continua do mesmo jeito que era antes. Claro que está mais consciente das coisas, sabe das repercussões que seus atos podem ter. É bastante tranquilo - diz.

Mesmo conhecendo bem a personalidade do filho, Neymar da Silva admite que se espanta com a naturalidade como o Neymar encara o assédio e as partidas. Para o garoto alvinegro, jogar uma partida corriqueira, num meio de campeonato qualquer, é igual a disputar uma final.

- Eu acho que é por isso que ele joga tão bem nas decisões. O que mais importa para ele é o que está acontecendo dentro das quatro linhas. Consegue se desligar de tudo o que envolve, o que está fora. Hoje, ele está treinando aqui na Colômbia, como poderia estar jogando na praia. Ele gosta é de jogar bola – conclui.        

veja também