MENU

Celso Roth: O Chivas vai tentar fazer tudo para conseguir o resultado

Celso Roth: O Chivas vai tentar fazer tudo para conseguir o resultado

Atualizado: Segunda-feira, 16 Agosto de 2010 as 9:27

Passada a derrota para o Fluminense, o foco do Internacional voltou a estar 100% direcionado para a final da Libertadores contra o Chivas, quarta-feira, no Beira-Rio. Mas existe uma determinação explícita para que não haja qualquer tipo de acomodação por parte do time por conta do resultado positivo (2 a 1) no primeiro jogo da decisão, no México. Por isso, todos os discursos no grupo colorado estão direcionados a não considerar que o título está garantido. A euforia só está liberada para o torcedor.

- Ele pode fazer festa e não podemos bloquear isso. Com a vantagem é natural que o torcedor fique empolgado, feliz. Em menos de cinco anos são duas finais de Libertadores. O torcedor tem de estar contente, mas precisamos do apoio deles pois vamos ter dificuldades durante o jogo. É bom ter a vantagem, mas ela pode ser perigosa dependendo de como o time se portar – disse Tinga, que é dúvida para o jogo por ter voltado a sentir a coxa direita.

A opinião do volante foi compartilhada pelo vice de futebol, Fernando Carvalho. O dirigente relembrou que outros times brasileiros não tiveram êxito no jogo de volta da Libertadores após um resultado fora de casa.

- Estamos vacinados e esperamos que a torcida nos ajude a vencer esta difícil equipe do Chivas. O adversário não está morto. Temos de seguir trabalhando sem temer a possibilidade ganhar, mas respeitando o adversário – disse Carvalho.

Como não poderia deixar de ser, Celso Roth também pregou a seriedade para o confronto de quarta-feira. Para o treinador, o segredo é manter a rotina de trabalho sem a confiança excessiva de que está tudo resolvido.

- Precisamos ter certos cuidados pois o Chivas vai tentar fazer tudo para conseguir o resultado. Em nenhum momento nos passou pela cabeça que as coisas estão encaminhadas. Precisamos ter toda a atenção em Porto Alegre porque o jogo será muito difícil. Sabemos os nossos deveres e obrigações, mas sempre temos de colocá-los em prática. Os dias até o jogo serão normais. O grande ponto de uma decisão como essa é a manutenção da rotina. Isso é fundamental. Vamos trabalhar, concentrar, trabalhar, definhar o Chivas... – explicou Roth.

Os titulares que vão disputar a final da Libertadores e não viajaram para o Rio de Janeiro treinam na manhã desta segunda-feira, no Beira-Rio. Os jogadores que enfrentaram o Fluminense treinam apenas na parte da tarde.

veja também