MENU

Celso Roth tira peso da altitude: 'Não vai influenciar'

Celso Roth tira peso da altitude: 'Não vai influenciar'

Atualizado: Quarta-feira, 16 Março de 2011 as 10:58

No ano passado, contra o Deportivo Quito, foi a mesma coisa. Antes do jogo, o Inter disse que a altitude tinha lá sua influência, mas que não era um monstro; depois, com o empate por 1 a 1 no Equador, admitiu que o discurso era mais para não assustar os jogadores. Desta vez, são 300 metros a menos, mas muita gente percebe, mesmo em uma caminhada um pouco mais rápida, que os 2,5 mil metros de Cochabamba têm sua influência. A respiração flui, mas não com a naturalidade habitual. O Inter precisará lidar com isso no duelo com o Jorge Wilstermann, às 19h30m, pela terceira rodada do Grupo 6 da Libertadores.

O Inter usa a vivência em situações similares como sinal de tranquilidade para o jogo na Bolívia. O duelo com o Deportivo Quito e encontros com a LDU, também da cidade serrana do Equador, são exemplos recentes.

- O grupo do Internacional é experimentado, detentor da Libertadores, e já jogou em altitudes maiores ou menores. Há raras exceções de jogadores que não participaram disso. Decidimos ir a Cochabamba um dia antes do jogo para diminuir os efeitos da altitude. Espero que isso não influencie diretamente. Tenho certeza de que não vai influenciar. Vamos tomar algumas atitudes em relação à bola, que fica com uma velocidade maior – disse Roth.

Lauro, por ser goleiro, precisa ficar atento à velocidade da bola. Mas ele tem experiência na altitude.

- Tive a oportunidade de jogar contra a LDU na Recopa e fiz treinamentos contra o Deportivo Quito no ano passado. A bola vem com mais velocidade, mais pesada. Temos que ficar alertas, concentrados. Todo lance se torna perigoso. Vamos ficar ligados para fazer um grande jogo – afirmou o camisa 1.

O clube tomou medidas para amenizar a altitude. Preparou um cardápio mais direcionado aos carboidratos do que às proteínas, aconselhou os jogadores a ingerir muita água e solicitou tubos de oxigênio para algum eventual mal-estar. A expectativa é de que a altura tenha influência na partida, mas não ao ponto de causar problemas mais sérios aos atletas em Cochabamba.      

veja também