MENU

Ceni não se ilude com G-4, pois crê em título brasileiro na Sul-Americana

Ceni não se ilude com G-4, pois crê em título brasileiro na Sul-Americana

Atualizado: Terça-feira, 19 Outubro de 2010 as 9:19

O anúncio de que a Conmebol devolveu ao Brasil uma vaga na Libertadores, reestruturando assim o G-4, não foi recebida com tanto entusiasmo por Rogério Ceni, do São Paulo. Com os pés no chão, o goleiro diz que só vai se empolgar com a modificação se o seu time chegar nas últimas rodadas com condições de ficar com uma das vagas na competição continental. Hoje, o Tricolor ocupa a nona colocação, com 44 pontos, a dois pontos do Atlético-PR, último time na tabela que atualmente está na zona de classificação para o torneio internacional. O camisa 1 são-paulino está mesmo é preocupado com o Ceará, adversário do próximo domingo, em Fortaleza, e acha que se o time paulista vencer, aí sim estará forte na briga pelo G-4.

- É bacana ter essa vaga, mas não adianta pensar nisso hoje, a Sul-Americana está em andamento, e ainda não ocupamos a posição que dá direito a essa vaga. Temos que pensar no próximo jogo, contra o Ceará, e se vencermos, aí sim, teremos perspectivas diferentes. Espero que no fim do campeonato possamos estar nesse grupo. Enquanto ainda existem jogos a disputar é sempre possível, a equipe vem bem, ganhou confiança com um jogo dramático e emblemático ontem (domingo) - explicou Ceni, lembrando que se um brasileiro vencer a Sul-Americana, o G-4 volta a ser G-3.

E o goleiro aposta que um brasileiro conseguirá essa façanha. Os quatro times do Brasil que ainda seguem na competição são Goiás, Avaí, Palmeiras e Atlético-MG. Os dois últimos são os principais candidatos ao título na opinião de Ceni.

- Acho que um time brasileiro ganha a Sul-Americana. Assisto à competição e dificilmente um time brasileiro nao será campeão. Palmeiras e Atlético-MG são os dois brasileiros com mais chances - apostou o camisa 1.

O ídolo tricolor foi um dos convidados do evento da Fundação Gol de Letra, realizado na noite desta segunda-feira no Morumbi. Ele se juntou a outros jogadores e ex-atletas como Zetti, Vampeta, Raí e Careca para disputar uma partida festiva contra a empresa vencedora do Torneio Gol de Letra. Ceni jogou na linha e até tentou ajudar o goleiro a impedir um gol no seu time, mas depois de fazer uma defesa de peito, pôs a mão na bola e cometeu um pênalti. Marlos e Lucas, que fazem parte do elenco profissional do São Paulo, também participaram da festa.

Por: Carolina Elustondo

veja também