MENU

'Chad Mendes vai ver meu instinto animal voltando'

'Chad Mendes vai ver meu instinto animal voltando'

Atualizado: Quarta-feira, 14 Dezembro de 2011 as 10:17

Logo depois de ter sua luta com o campeão dos pesos-pena José Aldo confirmada, o americano Chad Mendes questionou a postura do brasileiro em seu último combate, contra Kenny Florian, em outubro. Segundo Mendes, Aldo não demonstrava mais seu 'instinto animal' dentro do octógono e, por isso, o duelo acabou sendo decidido através de pontos. Com o confronto entre os dois marcado para o UFC 142, no dia 14 de janeiro de 2012, no Brasil, Aldo garantiu que, diante de sua torcida, mostrará ao rival que sua opinião foi equivocada.

José Aldo e Chad Mendes, UFC (Foto: Adriano Albuquerque) - Ele provavalmente falou isso por causa da minha última luta, que foi decidida por pontos. Todo mundo está acostumado a ver o José Aldo nocautear e partir para cima. Mas não tem problema. Ele vai ver na hora da luta o meu instinto animal voltando com tudo. Quero vencer, mas se puder nocautear vai ser melhor ainda - prometeu Aldo.

Chad Mendes, por sua vez, preferiu uma postura mais ponderada ao falar do adversário. Segundo ele, José Aldo tem se mostrando mais ''pensativo'' durante suas lutas, analisando melhor antes de aplicar seus golpes. Mas, por outro lado, continua sendo uma adversário duro e que merece respeito.

- Quis dizer que na luta contra Florian ele dosou mais o ritmo, foi mais paciente na hora de atacar, provavelmente por causa da luta contra o Hominick, em que ele teve mais dificuldades para perder peso e pareceu cansar, foi mais brutal. Mas Aldo é um adversário muito duro. Tenho respeito por ele - disse Chad Mendes.

Apesar de todo o respeito e admiração por José Aldo, o californiano de 26 anos afirmou ter plena confiança de que pode deixar o Brasil com o título da categoria.

- Eu tenho todas as habilidades necessárias para ganhar de um cara como José Aldo. Eu luto desde que tinha cinco anos de idade e sei o que posso ou não fazer. Conheço minhas forças e minhas fragilidades. Sei o que preciso fazer para vencer essa luta e vou fazer - declarou o americano.          

veja também