MENU

Charles Oliveira vence luta polêmica contra Nik Lentz no UFC Live 4

Charles Oliveira vence luta polêmica contra Nik Lentz no UFC Live 4

Atualizado: Segunda-feira, 27 Junho de 2011 as 11:53

Do Bronx comemora a vitória sobre Nik Lentz na 

noite de domingo (Foto: Divulgação / UFC)

  O brasileiro Charles "Do Bronx" Oliveira conquistou uma vitória polêmica no UFC Live 4, neste domingo, em Pittsburgh. O triunfo sobre o americano Nik Lentz, por finalização, veio depois de uma joelhada ilegal na cabeça, e o resultado será revisado pela Comissão Atlética do Estado da Pensilvânia.

O paulista e o americano fizeram um primeiro round muito movimentado, considerado pela imprensa especializada um dos melhores do ano, o que garantiu à dupla o prêmio de Luta da Noite e um bônus de US$ 50 mil (cerca de R$ 85 mil) para cada. Oliveira derrubou Lentz com um soco de direita e quase terminou a luta com uma guilhotina, mas o americano escapou e virou o jogo, quase finalizando o brasileiro.

No segundo round, ao escapar de uma tentativa de imobilização, Do Bronx acertou uma joelhada no rosto enquanto o adversário se levantava, o que é ilegal no UFC. O juiz Chip Snider, entretanto, não reparou, o que resultou em vaias da plateia. Oliveira acertou outra joelhada, desta vez legal, e imobilizou Lentz com um mata-leão, forçando-o a bater pedindo o fim da luta.

- Meu plano era lutar de pé. Nunca quis machucá-lo. Eu apenas procuro a finalização ou nocaute. Muitas vezes, mudo minha técnica com a luta de pé. Coloquei um joelho à frente, uma joelhada ilegal, e quero pedir desculpas. Eu me sinto mal - disse Oliveira após a luta, sua 15ª vitória em 16 combates de MMA e terceira em quatro lutas no UFC.

Segundo o executivo Marc Ratner, do UFC, a Comissão Atlética do Estado da Pensilvânia vai rever a luta e a vitória pode ser anulada.     O combate fez parte do card preliminar do UFC Live 4, que aconteceu neste domingo, em Pittsburgh. O evento principal era originalmente um combate entre Rick Story e Nate Marquardt, mas Marquardt foi impedido de lutar pelos médicos na véspera e substituído por Charles Brenneman. O combate caiu para co-evento principal, mas roubou a cena da noite. Brenneman, que deveria enfrentar TJ Grant antes deste desistir por causa de doença, dominou os dois primeiros rounds e apenas administrou no último para conquistar a surpreendente vitória por decisão unânime (29-28, 29-28 e 29-28) sobre Story.

Os pesos pesados Cheick Kongo e Pat Barry fizeram o combate destaque da noite, e Kongo derrotou Barry por nocaute ainda no primeiro round. Kongo chegou a ser derrubado duas vezes por socos de Barry, mas conseguiu se levantar em ambas antes de mandar o oponente para a lona com dois socos certeiros.

Confira os resultados completos do UFC Live 4:

Cheick Kongo vence Patrick Barry (nocaute no primeiro round)

Charles Brenneman vence Rick Story (decisão unânime)

Matt Brown vence John Howard (decisão unânime)

Matt Mitrione vence Christian Morecraft (nocaute no segundo round)

Tyson Griffin vence Manyel Gamburyan (decisão unânime)

Javier Vazquez vence Joe Stevenson (decisão unânime)

Joe Lauzon vence Curt Warburton (finalização no primeiro round)

Rich Attonito vence Daniel Roberts (decisão unânime)

Charles Oliveira vence Nik Lentz (finalização no segundo round)

Ricardo Lamas vence Matt Grice (nocaute no primeiro round)

Michael Johnson vence Edward Faaloloto (nocaute no primeiro round)            

veja também