MENU

'Chateado', Kleberson trabalha por nova chance entre os titulares

'Chateado', Kleberson trabalha por nova chance entre os titulares

Atualizado: Quarta-feira, 29 Junho de 2011 as 1:10

Kleberson K15 confessa: "Às vezes, fico chateado"

(Foto: Fernando Freire/Globoesporte.com)

  Kleberson voltou ao Atlético-PR em fevereiro. O objetivo era repetir as atuações de 2001, que o levaram à Seleção Brasileira e ao Manchester United-ING. Com status de ídolo, porém, o jogador de 32 anos não correspondeu às expectativas. Desde a reestreia com a camisa rubro-negra, na derrota para o Coritiba, pelo Campeonato Paranaense, o K15 disputou 14 partidas, sendo oito como titular. O aproveitamento é apenas regular: sete vitórias, dois empates e cinco derrotas.

Kleberson revela os motivos que o impediram de conseguir uma boa sequência como titular. A maior foi com Leandro Niehues e Geninho, quando ele fez seis partidas seguidas desde o início:

- Quando eu cheguei aqui, estava há um tempo sem jogar. Faltava um pouco de ritmo. Com a chegada do Geninho, eu fui deslocado para uma posição diferente da minha, para a lateral. Aí, quando joguei na minha posição, no meio, fui bem. Com o Adilson (Batista), joguei bem também como meio-campo. Acabei me machucando e, de lá para cá, estou esperando a minha chance.

O fato de não conseguir se firmar entre os titulares deixa Kleberson chateado. O último jogo de Kleberson como titular foi no empate com o Bahia, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, no dia13 de abril. Na ocasião, ele sofreu uma lesão na coxa e deixou o campo aos 24 minutos do primeiro tempo. Desde então, o K15 jogou apenas duas partidas: na derrota para o Palmeiras, entrou aos 14 minutos do segundo tempo; na derrota para o Bahia, foi a campo no intervalo. A falta de uma sequência o deixa triste:

- Às vezes eu fico chateado, vou para casa, é normal, até pela história que eu tenho no clube e pelo que eu pretendo fazer.

Kleberson espera que uma nova chance apareça logo, mesmo com o clube na penúltima posição do Campeonato Brasileiro. O jogador aposta na experiência como um diferencial. Ele diz que já passou por momentos semelhantes em outros clubes e conseguiu a recuperação:

- Quando houve coisas assim, em todos os clubes que eu passei, consegui dar a volta por cima. Consegui corresponder dentro de campo - diz o chateado, mas confiante jogador.

Kleberson não joga contra o Flu

Apesar de conceder entrevista coletiva na terça-feira, o volante Kleberson não deve ser titular do Atlético-PR contra o Fluminense. Perguntado por um repórter se jogaria, ele respondeu.

- Não - disse, em um primeiro momento, para depois completar.

- Não sabemos ainda. Não está definido ainda qual que é a equipe. O mais importante é todo mundo estar preparado para essa sequência de dois jogos fora.

O jogo do Furacão contra o Fluminense está marcado para 21h (horário de Brasília) de quinta-feira, no Estádio do Engenhão. Depois, pela oitava rodada, o Rubro-Negro encara o Internacional no Beira-Rio, em Porto Alegre.        

veja também