MENU

Chefão da F-1 critica chefes de equipe por tentarem driblar o regulamento

Chefão da F-1 critica chefes de equipe por tentarem driblar o regulamento

Atualizado: Terça-feira, 19 Outubro de 2010 as 9:23

Bernie Ecclestone, chefe comercial da Fórmula 1, criticou os chefes de equipe da categoria pela insistência de tentar achar brechas no regulamento em vez de olhar para o esporte na busca pela vitória. Em entrevista ao site oficial da categoria, o dirigente disse que tudo isso é uma questão de estupidez, mais até do que uma briga de egos entre eles.

- Não chamaria de uma briga de egos, mas de estupidez. Eles deveriam pensar no lado global do esporte. Todas as equipes são muito competitivas e querem vencer, o que apoio, mas eles precisam vencer nas regras e não tentar conseguir uma vantagem grande. Se eles tiverem vantagem porque alguém projeta um carro melhor ou tem um piloto melhor, OK. Mas eles não deviam desenvolver coisas sabendo que levarão uma vantagem injusta - diz Ecclestone.

O dirigente acha que os times deveriam pensar mais no bem do esporte. Segundo Ecclestone, este tipo de atitude só faria bem à categoria e às pessoas envolvidas com a Fórmula 1.

- Todos eles deveriam se preocupar em tocar seus negócios propriamente e não se preocupar com os outros. O que é bom para a Fórmula 1 é bom para todos os envolvidos: equipes e empresas. Mas gente demais pensa apenas no que é bom para eles próprios. É o mesmo com as regras: só veem o que pode lhes ajudar a vencer.

veja também