MENU

Chicão quebra jejum de oito meses: 'Estava com saudade de fazer gol'

Chicão quebra jejum de oito meses: 'Estava com saudade de fazer gol'

Atualizado: Quinta-feira, 10 Fevereiro de 2011 as 4:10

Alívio duplo no Corinthians. A equipe obteve a segunda vitória consecutiva desde a eliminação na Taça Libertadores e tem também outro motivo para comemorar. Pelo menos, um jogador em especial. O zagueiro Chicão quebrou um jejum de mais de oito meses ao marcar o segundo gol da goleada por 4 a 0 sobre o Ituano, quarta-feira, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista.

O defensor não balançava as redes desde 23 de maio de 2010, quando fez de falta na vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, os números dele seguem impressionantes. São 33 gols em 155 partidas com a camisa alvinegra desde o início de 2008, quando foi contratado.

- Estava com saudade de fazer gol. Tive a felicidade de marcar novamente. É difícil passar por ali, a barreira estava perto, tentei por cima e depois peguei bem na bola – afirmou o zagueiro em entrevista ao Globo Esporte.

Chicão, aliás, continua sua caminhada para tentar se transformar no maior zagueiro artilheiro da história do Corinthians. Atualmente, ele ocupa a segunda posição. A distância não é tão simples de ser alcançada. Pedro Grané, que defendeu o Timão nas décadas de 20 e 30, anotou nada menos que 50 gols.

O zagueiro pensa agora em seguir colaborando para afastar definitivamente a crise que ronda o Corinthians. O resultado diante do Galo fez o Timão subir para a sexta colocação do Paulista, com 12 pontos. Os oito melhores avançam à segunda fase.

- Não podemos nos abater na derrota e nem se empolgar na vitória. O Paulista é difícil e temos que brigar pelo título – completou o jogador, capitão da equipe enquanto Ronaldo estiver fora de combate.    

veja também