MENU

Chile vence e pega o Brasil na estreia do hexagonal. Uruguai se classifica

Chile vence e pega o Brasil na estreia do hexagonal. Uruguai se classifica

Atualizado: Sexta-feira, 28 Janeiro de 2011 as 9:06

O Chile conquistou de forma suada a classificação para o hexagonal final do Sul-Americano sub-20 na madrugada desta sexta-feira. Com um jogador a menos, Peñalillo foi expulso na etapa final, a equipe venceu a Venezuela por 3 a 1, no Universidad Nacional San Agustin, em Arequipa, no Peru. Na próxima segunda-feira, às 22h (de Brasília), o time comandado pelo técnico César Vaccia vai encarar a Seleção Brasileira, no mesmo local, na primeira rodada da fase decisiva do torneio continental, que dá duas vagas para as Olimpíadas de 2012, em Londres, e quatro para o Mundial, em julho, na Colômbia.

Os chilenos levaram um susto logo aos 14 do primeiro tempo. Orozco deu um passe milimétrico para Meza, que só teve o trabalho de tocar na saída do goleiro Carlos Alfaro. O empate saiu dez minutos depois. Carrasco fez uma bela jogada pelo lado direito da defesa rival e cruzou no segundo pau. Pinto subiu mais do que os defensores da Venezuela e igualou o marcador.

A virada chilena saiu ainda no primeiro tempo. Aos 45, Carrasco fez mais uma bela jogada e soltou a bomba de fora da área. O goleiro Eduardo Lima salvou, mas deu rebote. Na sobra, Gallegos tocou para o fundo da rede para colocar o Chile em vantagem.

Na etapa final, aos 16, Peñalillo foi expulso após levar o segundo cartão amarelo. O jogo ficou complicado para o Chile, que viu a Venezuela partir para o ataque em busca do empate. Porém, aos 41, o golpe de misericórdia. Em um contra-ataque chileno, Marquez aproveitou ótimo passe de Carrasco para sacramentar a classificação para o hexagonal.

Anfitrião Peru bate Uruguai, mas é eliminado do Sul-Americano sub-20

Pouco mais de 3 mil torcedores assistiram à eliminação do Peru no Sul-Americano sub-20, na madrugada desta sexta-feira. Apesar da vitória por 2 a 0 sobre o Uruguai, no Universidad Nacional San Agustin, em Arequipa, os donos da casa ficaram fora da competição, que dá duas vagas para as Olimpíadas de 2012, em Londres, e quatro para o Mundial, em julho, na Colômbia, pelo saldo de gols. A Celeste levou vantagem e ficou com a terceira vaga do Grupo A.

Os peruanos abriram o marcador logo aos 14 minutos do primeiro tempo. Ojeda tabelou com um companheiro e recebeu na marca do pênalti. O jogador só teve o trabalho de tocar para o fundo da rede dos uruguaios: 1 a 0. Ainda faltavam três para o time sonhar com a classificação.

No segundo tempo, Donayre, aos 25, fez mais um em contra-ataque rápido do Peru. Porém, a partida daí, os peruanos cansaram de perder gols e viram a vaga escapar para os uruguaios, que tiveram atuação pouca inspirada. No fim, Argentina, Chile e Uruguai garantiram vaga no hexagonal final por terem sido os três primeiros do Grupo A.

Por: Marcio Iannaca

veja também