MENU

China pretende manter livre acesso a jornalistas após Jogos Olímpicos

China pretende manter livre acesso a jornalistas após Jogos Olímpicos

Atualizado: Segunda-feira, 28 Janeiro de 2008 as 12

China pretende manter livre acesso a jornalistas após Jogos Olímpicos

A nova regulação da China para a imprensa estrangeira, que já entrou em vigor e se aplicará até 17/10/08 por causa dos Jogos Olímpicos, poderá ser mantida. O ministro do Escritório de Informação do Conselho de Estado, Cai Wu, destacou que as normas são temporárias, mas o documento “não diz que depois que elas expirarem tenhamos que voltar às anteriores”.

"Se a prática demonstra que as normas ajudarão a comunidade internacional a conhecer melhor a China e que elas são do interesse para os esforços chineses de abertura e desenvolvimento, não será necessário mudar uma boa política", acrescentou.

A partir de janeiro, jornalistas estrangeiros não terão que pedir permissão para viajar para a China ou fazer entrevistas. Ainda há resistências à regulação. O ministro pediu desculpas aos correspondentes que não têm conseguido resposta dos porta-vozes oficiais e pelos freqüentes problemas que estão enfrentando durante viagens a províncias – a regulação, apesar de vigorar oficialmente a partir de janeiro, já começou a ser testada.

"O sistema tem que melhorar, mas levará algum tempo. Publicamos os telefones dos porta-vozes oficiais para garantir que estejam em contato com a imprensa, e vamos vigiar de perto a implantação das novas normas em 2008", disse.

Entidades de defesa à liberdade de imprensa criticam o controle exercido pelo governo e as dificuldades que os correspondentes têm passado a menos de um ano dos Jogos Olímpicos.

Postado por: João Neto

veja também