MENU

Cielo recupera 5 kg e vai ao Pan melhor fisicamente

Cielo recupera 5 kg e vai ao Pan melhor fisicamente

Atualizado: Sexta-feira, 30 Setembro de 2011 as 12:35

Cielo disputou o Mundial de Xnagai com 83 kg, seis

a menos do seu peso normal (Foto: Getty Images)

  Quando Cesar Cielo apareceu pela primeira vez no Mundial de Xangai, em julho, o rosto abatido e o corpo mais enxuto chamaram a atenção. O campeão olímpico vinha de uma cansativa maratona fora das piscinas para provar sua inocência em caso de doping. O inevitável stress com a polêmica fez a estrela brasileira perder 6 kg. Ainda assim, lavou a alma com a conquista de duas medalhas de ouro. Dois meses depois, e com 5 kg de massa muscular recuperados, ele se sente melhor fisicamente para enfrentar mais um desafio: o Pan de Guadalajara, de 14 a 30 de outubro.

- Acho que voltei ao meu normal. Espero que eu consiga tirar uns tempos mais baixos sim. A expectativa é difícil dizer porque a temporada não foi feita para o Pan, mas acho que eu estou em condições físicas melhores. Não sei dizer psicológicas, pelo cansaço e por tudo que passei. Mas, fisicamente, acho que estou mais forte, mais preparado agora do que estava para o Mundial -avaliou Cielo.

A notícia do resultado positivo em um exame antidoping realizado no Troféu Maria Lenk, em maio, caiu como uma avalanche na vida do principal nadador do país. Durante quase dois meses, Cielo se viu rodeado de desconfianças e teve sua participação no Mundial de Xangai, principal competição do ano, colocada em jogo.

A duas semanas do Pan, Cielo já recuperou cinco

quilos (Foto: Leandra Benjamin / Fla Imagem)

  Preocupações que até então nunca haviam feito parte da sua vida viraram rotina. Neste período, tanto a parte psicológica quanto a parte física foram abaladas. Cielo, que tinha 89 kg, perdeu seis quilos.

- Para gente que trabalha com percentual de gordura bem baixinho, foi muita perda de massa muscular mesmo. Sinto que eu estava mais fraco no Mundial. Mesmo assim, consegui nadar bem – contou Cielo, que está inscrito em quatro provas do Pan (50m e 100m livre e os revezamentos 4x100m livre e 4x100m medley).

O técnico, Alberto Silva, também acredita que o campeão olímpico vai chegar em Guadalajara em melhores condições do que na China.

- Ele está muito bem. Acho que ele está melhor do que no Mundial – disse Albertinho.            

veja também