MENU

Cigano sentiu lesão antes de nocautear rival

Cigano sentiu lesão antes de nocautear rival

Atualizado: Domingo, 13 Novembro de 2011 as 8:03

Cigano (D) posa com seu treinador, Luiz Dórea, e o

cinturão do UFC (Foto: Reprodução/Twitter)

A "luta mais importante da história do UFC " durou apenas 1m04s, e terminou com o brasileiro Júnior "Cigano" dos Santos vitorioso, coroado como novo campeão absoluto dos pesos-pesados ao nocautear Cain Velásquez no primeiro round. Tivesse durado mais, o catarinense radicado na Bahia estaria sob perigo: lesionou o joelho às vésperas da luta e voltou a sentir dores minutos antes de entrar no octógono.

Após nocautear Velásquez, Cigano revelou ao mundo sua dor. O novo campeão rompeu o menisco do joelho esquerdo 11 dias antes da luta, durante um treino de jiu-jítsu, e precisou de muletas para andar por dois dias. Sob os cuidados da fisioterapeuta de Rodrigo Minotauro, Dra. Ângela Côrtes, e de seu médico, Dr. Fábio Costa, se recuperou a tempo do combate. Todavia, minutos antes de fazer a caminhada rumo ao octógono, voltou a sentir a lesão.

- Ele teve uma lesão no joelho há cerca de 10 dias, me deixou preocupado, mas é um atleta brasileiro, de superação. Aproveitou a oportunidade, é um grande campeão - afirmou seu treinador, Luiz Dórea, ao SPORTV.COM.

Após a vitória, Cigano declarou que não espera precisar de cirurgia para recuperar o joelho, mas deve passar por novo exame em breve para determinar a gravidade da contusão.  

veja também