MENU

Clássico de domingo tem duelo de novos 'homens Gre-Nal'

Clássico de domingo tem duelo de novos 'homens Gre-Nal'

Atualizado: Sexta-feira, 13 Maio de 2011 as 10:36

Júnior Viçosa e Leandro Damião: atacantes em alta (Foto: Montagem sobre foto da VIPCOMM)

  Foi um tal de entrevista aqui, participação em programa de tevê ali, cumprimentos acolá. Júnior Viçosa virou a celebridade do Grêmio nos últimos dias, resultado direto do que ele fez nos dois Gre-Nais mais recentes. O atacante tricolor mergulhou em uma realidade que Leandro Damião, com 20 gols em 20 jogos em 2011, também já conhece. Juntos, eles começam a se firmar como os novos “homens Gre-Nal”, termo atribuído no Rio Grande do Sul aos jogadores que se destacam no clássico.

Saíram sete gols nos dois últimos Gre-Nais. E cinco deles foram dos atacantes. Júnior Viçosa foi melhor do que Damião. Marcou três (um na final do returno e dois no primeiro jogo da decisão estadual), contra dois do concorrente colorado (que fez um em cada clássico). Os intrusos na festa da dupla foram Leandro, do Grêmio, e Andrezinho, do Inter.

Viçosa surpreendeu. Reserva ao longo de toda a temporada, ele ganhou moral ao entrar no decorrer do clássico da final do returno e marcar o gol que levou a disputa aos pênaltis. No último domingo, comandou a vitória de sua equipe ao fazer dois gols de cabeça. Agora, ele curte o assédio destinado a um atleta que já tem o status de ser matador em Gre-Nais.

- A gente, que é jogador, sabe que nem sempre tem esse momento de assédio. Depois dos dois jogos, as coisas melhoraram para mim, mas não posso deixar subir à cabeça. Tenho que fazer a mesma coisa de sempre – disse o jogador, ainda tímido nas palavras.

Para Damião, os dois gols marcados nos Gre-Nais foram apenas mais um elemento da grande temporada que vive. Balançar as redes rivais viraram rotina para ele em 2011, mas os gols do clássico são especiais, diz o camisa 9.

- Marcar gol em Gre-Nal é ficar para a história. É diferente – disse Damião.

Damião vê semelhanças entre o início de sua trajetória e o momento vivido agora por Viçosa. Os dois eram reservas um tanto desacreditados, sem categorias de base, e de repente conquistaram seu espaço.

- O Viçosa está começando. É do mesmo jeito que eu. Eu também não tinha muita força, muita moral. O gre-Nal é diferente. É sempre importante, para qualquer jogador, marcar gol no Gre-Nal – afirmou o centroavante colorado.

O duelo dos novos homens Gre-Nal é às 16h de domingo, no Olímpico. O Grêmio pode até perder por 1 a 0 ou 2 a 1 para ser campeão gaúcho. O Inter precisa vencer por dois gols de diferença.        

veja também