MENU

Clássico de Manchester na FA Cup terá megaoperação de segurança

Clássico de Manchester na FA Cup terá megaoperação de segurança

Atualizado: Segunda-feira, 14 Março de 2011 as 12:50

A semifinal da Copa da Inglaterra 2010/2011 entre os dois times de Manchester, o City e o United, será a maior e mais cara operação de segurança para um jogo dentro do país, entre duas equipes inglesas, de acordo com o jornal "Daily Mail". A operação vai envolver a Scotland Yard, a polícia de Manchester e a polícia britânica de transportes.

Mais de 35 mil torcedores de cada clube vão viajar para o jogo que vai ser disputado em abril. Caso o City chegue às quartas de final da Liga Europa, a partida contra o Manchester será no domingo, dia 17, o que promete ser uma dor de cabeça extra para a polícia, já que, no mesmo dia, acontece a Maratona de Londres e o confronto entre Arsenal e Liverpool pelo Campeonato Inglês. Caso contrário, o jogo acontece no sábado, dia 16.

Uma fonte da Scotland Yard afirmou que a operação terá um custo muito alto.

- Do ponto de vista da segurança, é um completo pesadelo. Vai custar milhões de libras.

Essa é a primeira vez em que duas equipes da cidade de Manchester se enfrentam pela Copa da Inglaterra desde 1926. Na outra semifinal, o Stoke City enfrenta o Bolton. O jogador Shaun Wright-Phillips, do City, disse que não se deu conta de que poderia enfrentar o Manchester, antes da partida contra o Reading, neste domingo, quando o clube venceu por 1 a 0.

- Só lembramos disso no aquecimento. Todos rimos inclusive. Queríamos que fosse na final, mas estamos contra eles na semi, e agora vamos tentar passar por cima deles - comentou.

O técnico do City, Roberto Mancini, rechaçou o sentimento de vingança pela derrota por 2 a 1 em fevereiro, pelo Campeonato Inglês, em que Wayne Rooney fez um belo gol de bicicleta.

- Vingança é a palavra errada. É uma grande semifinal. Estamos próximos do topo, mas precisamos melhorar para jogarmos no mesmo nível no próximo ano, apesar de termos dado trabalho nessa partida - concluiu.    

veja também