MENU

Clube pede cautela, mas quer Adriano treinando no campo em três meses

Clube pede cautela, mas quer Adriano treinando no campo em três meses

Atualizado: Quinta-feira, 21 Abril de 2011 as 2:14

Adriano precisará de muita paciência para voltar a jogar. O período de 30 minutos em que o problema no pé esquerdo foi corrigido contrasta com a lenta recuperação para colocar o Imperador em condições de vestir a camisa corintiana pela primeira vez. A esperança, porém, é de que ele inicie os treinamentos com bola em três meses, dependendo depois apenas do condicionamento físico para estrear. O jogador teve alta do hospital na manhã desta quinta-feira e viajará para o Rio de Janeiro. Ele retorna ao clube no dia 2 de maio para iniciar o processo de recuperação.

O centroavante terá um feriado de páscoa bastante monótono. Os médicos exigem que ele passe cerca de 15 dias sem pisar no chão para evitar um novo rompimento do local lesionado. Somente depois deste período, já de volta a São Paulo, é que passará para as atividades de fortalecimento com carga reduzida, como exercícios em bicicleta ergométrica e na piscina.

- São 15 dias sem nenhum tipo de movimento. Em seguida, podemos começar o aeróbico. A hidroterapia tem uma utilidade muito grande. Ele pode trabalhar sem trauma – explicou o médico Joaquim Grava.

Com dois meses de recuperação, o Corinthians projeta aumentar gradativamente a intensidade dos exercícios. O jogador já será liberado para fazer caminhadas mais longas e para se movimentar no “transport”, aparelho bastante comum em academias e que reduz o impacto nas articulações. Em seguida, começará a treinar em ritmo maior, principalmente a musculação.- Vamos avaliá-lo a cada semana. A tendência é que a preocupação maior seja a cicatrização, para que seja bem feita e com mobilidade do tecido – lembrou o fisioterapeuta Bruno Mazziotti.Adriano voltará ao gramado durante o terceiro mês de recuperação. Entretanto, ainda com alguns cuidados especiais. Caso o processo caminhe como o esperado, o departamento físico alvinegro projeta que o Imperador faça atividades de velocidade no campo, como arrancadas, para ganhar mais confiança.

No quarto mês, o centroavante já estará sob os cuidados do técnico Tite para alguns treinos com bola. Mas, mesmo assim, não escapará dos treinos físicos, sobretudo para perder os quilos que acumulará durante a reabilitação. O clube sonha com ele em campo no mês de setembro, meados do Campeonato Brasileiro.

- Não queremos criar um prazo de antecipação, mas, se existe a possibilidade de antecipar, temos que trabalhar para isso – completou Mazziotti.   G1

veja também