MENU

Clubes pretendem arrecadar o dobro com exclusividade para TVs

Clubes pretendem arrecadar o dobro com exclusividade para TVs

Atualizado: Quinta-feira, 3 Fevereiro de 2011 as 4:37

Presidentes de clubes que conversaram com as emissoras interessadas em adquirir os direitos de transmissão do Brasileiro estão animados. Eles preveem que o valor pago hoje pela TV aberta (cerca de R$ 300 milhões) pode dobrar.

A informação é da coluna Painel FC, assinada por Bernardo Itri e Eduardo Ohata e publicada na edição desta quinta-feira na Folha. A íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL.

De acordo com a coluna, os presidentes pretendem vender jogos exclusivos para duas emissoras em dias diferentes. Com essa proposta, cada rede terá direito a duas partidas exclusivas por semana.

Os dirigentes acham viável tal negócio, colocando, por exemplo, um jogo do Corinthians na Globo, na quarta-feira, e outro do São Paulo na Record, na quinta-feira, ambos com exclusividade. A proposta é que o mesmo aconteça no sábado e no domingo.

O Clube dos 13 negocia com a Record, Rede TV, SBT e Globo o direito de transmitir o Campeonato Brasileiro a partir de 2013 --a Globo detém os direitos de transmissão até o campeonato do ano que vem.

No último domingo, o Painel FC revelou que a Record tem um trunfo na manga. A emissora estuda oferecer um espaço na grade de programação da Record News para os clubes se promoverem com o objetivo de adquirir os direitos de transmissão do Nacional.

Pelo projeto, a cada dia um clube transmitiria um programa. Executivos da emissora apontam que por a Record News não ser um canal da TV paga, esse seria outro meio de engordar receitas de patrocínio.

O principal empecilho visto por cartolas para acertar com a Record a venda dos direitos de transmissão do Brasileiro é os dirigentes não terem a certeza de que a emissora irá passar todos os jogos previstos no acordo.

Os clubes temem que, em uma eventual queda de audiência, a Record opte por transmitir programas que tradicionalmente atraem público, em detrimento do futebol, e deixe patrocinadores insatisfeitos.

A Record, o SBT e a Rede TV! entraram na briga para transmitir o Nacional após o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) acabar com a prioridade para adquirir os direitos de transmissão da competição.

OUTROS NEGÓCIOS

Segundo a coluna Painel FC desta quinta-feira, o Esporte Interativo conseguiu que a Globo sublicenciasse os direitos de transmissão dos torneios de que as seleções brasileiras masculina e feminina de vôlei participarão em 2011: as Copas do Mundo, o Grand Prix e a Liga Mundial.

O canal também negociou com a Globo e passará as Superligas masculina e feminina e o Circuito Mundial de vôlei de praia.

veja também