MENU

COI diz que vai examinar denúncia de suposta corrupção na Fifa

COI diz que vai examinar denúncia de suposta corrupção na Fifa

Atualizado: Terça-feira, 30 Novembro de 2010 as 11:41

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta terça-feira que examinará qualquer prova de suposta corrupção de um de seus membros, após uma reportagem da BBC sobre os casos de irregularidades da Fifa .

A reportagem, exibida na segunda-feira, acusa três membros do comitê executivo da Fifa, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Texeira, o presidente da Confederação Africana (CAF), Issa Hayatou, e o presidente da Confederação Sul-Americana, o paraguaio Nicolás Leoz. Iss é membro do COI.

- O COI tomou nota das acusações feitas pelo (programa) Panorama e pedirá aos produtores que entreguem qualquer prova que tenham", afirma um comunicado da organização. O COI tem "tolerância zero" com a corrupção e levará o tema a seu comitê de ética - diz o comunicado.

Segundo a reportagem, os três integrantes do comitê executivo da Fifa receberam subornos de uma empresa de marketing há mais de uma década década em um caso de corrupção. Eles integram o organismo da Fifa que designará na quinta-feira em Zurique as sedes das Copas do Mundo de 2018 e de 2022.

Em comunicado, a entidade máxima do futebol ressalta que as acusações são antigas e que o Tribunal Penal não condenou qualquer funcionário seu.

veja também