MENU

COI se diz confiante no cumprimento dos compromissos do Rio para 2016

COI se diz confiante no cumprimento dos compromissos do Rio para 2016

Atualizado: Terça-feira, 16 Março de 2010 as 12

O Comitê Olímpico Internacional afirmou nesta terça-feira que está confiante de que o Rio de Janeiro cumprirá o seu compromisso de promover os Jogos de 2016. Em resposta às perguntas do GLOBOESPORTE.COM sobre a posição do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e do Comitê Organizador brasileiro, que afirmaram que o Rio poderia não organizar as Olimpíadas se a emenda Ibsen Pinheiro fosse aprovada e sancionada, a chefe da assessoria da Comunicação do COI, Emmanuele Moreau, optou por uma resposta olímpica:

- O COI recebeu todas as garantias financeiras necessárias do governo federal do Brasil e está confiante de que o Rio vai cumprir seu compromisso de sediar com sucesso os Jogos Olímpicos em 2016 - disse Moreau por e-mail.

A emenda Ibsen redistribui os recursos que não são destinados diretamente à União entre todos os estados e municípios de acordo com critérios dos fundos de participação. Rio de Janeiro e Espírito Santo seriam os mais prejudicados com a nova divisão do bolo.

Governador protesta

No último sábado, o governador Sérgio Cabral protestou contra a emenda, alegando que ela torna impossível a realização dos Jogos Olímpicos de 2016 e da Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

- Essa emenda inviabiliza as Olimpíadas e a Copa do Mundo. As prefeituras param. O estado não terá recursos. Para tudo, no nosso caso para tudo. Compromete as receitas do estado para tudo. O estado não terá recurso para dar continuidade para qualquer tipo de investimento – reclamou Cabral, alegando que o Rio perderá R$ 5 bilhões caso o projeto se transforme em lei.

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016 também entrou na briga. O presidente Carlos Arthur Nuzman divulgou uma nota oficial nesta segunda-feira dizendo que, se a emenda for aprovada, a cidade não terá condições de fazer os investimentos necessários para os Jogos de 2016.

- A redução da receita da exploração do petróleo deixará o Estado do Rio de Janeiro sem condições de fazer as obras necessárias para os Jogos de 2016. Qualquer decisão que afete a capacidade do Rio de cumprir várias obrigações tem impacto negativo na organização dos Jogos e, se não for remediada, representará quebra de contrato.

Entenda o pré-sal:

A camada pré-sal é uma faixa de 800km no litoral brasileiro, entre Espírito Santo e Santa Catarina. O petróleo encontrado nesta área no mar está em profundidades de até 7 mil metros, abaixo de uma camada de sal que garante a qualidade do óleo. A emenda aprovada pela Câmara, no entanto, se refere à exploração inclusive fora do pré-sal.

Pro: Lydia Gismondi

veja também