MENU

Com 15 anos, revelação do skate briga de igual para igual com estrelas

Com 15 anos, revelação do skate briga de igual para igual com estrelas

Atualizado: Sábado, 5 Março de 2011 as 11:49

Ele tem apenas 15 anos, mas pode se dar ao luxo de começar a disputa da etapa de abertura do Mundial de Skate Vertical, que acontece neste fim de semana, no Rio de Janeiro, já pré-classificado para as semifinais. Isso porque o jovem skatista catarinense Pedro Barros foi campeão no ano passado dos X-Games - Olimpíadas dos esportes radicais - e já figuras entre os melhores do mundo no esporte. Por conta desses feitos, não precisou participar das baterias eliminatórias nesta sexta-feira para avançar de fase.Precoce é pouco para um jovem de 15 anos que figura entre os melhores do mundo em sua segunda temporada como profissional e começou a andar de skate com apenas dois anos de idade. A prancha sobre rodas, inclusive, faz parte das primeiras recordações do garoto, que começou a andar por acaso.

- Comecei a andar porque um amigo do meu pai, que era profissional, esqueceu um skate lá em casa. Eu tinha um ano de idade e comecei a andar pouco depois. Inclusive, a minha primeira lembrança é em um skate. Eu tentava descer as escadas nas rodinhas.

Surfe, skate e espinhas

Nascido em Florianópolis, ilha onde a prancha mais popular deslancha sobre a água, Pedro começou a surfar com sete anos, muito tarde para quem se identificou rapidamente com o skate.

- Eu surfo também, mas o skate veio de uma maneira mais fácil. Combina mais comigo. Quando morei na Austrália, até teve uma época em que eu surfava mais, mas era mais por diversão.

Pedro, que tem o vertical e o bowl como modalidades prediletas, diz ter apenas duas manias: andar de skate e espremer espinhas. Coisas típicas de um adolescente. Mas engana-se quem pensa que ele é tratado como tal no meio dos marmanjos do circuito profissional, embora não consiga fugir das tradicionais brincadeiras.

- A galera do skate é muito unida. Os mais velhos respeitam os mais novos sem problema algum. Sempre tem umas brincadeiras com o fato de eu ser o mais novo, mas tudo normal. O Lincoln Ueda, por exemplo, sempre vai lá para casa quando está em Florianópolis, e eu me hospedo na dele nos Estados Unidos.

Assim como lendas do esporte como Bob Burniquist e Mineirinho, Pedro inicia a disputa no half pipe montado na Lagoa Rodrigo de Freitas oficialmente na tarde deste sábado, às 15h, após os treinos da manhã. E, caso avance de fase, participa da grande decisão, que será transmitida pela Tv Globo, na manhã domingo.

veja também