MENU

Com 16 gols, ataque santista tem seu melhor início de Paulistão desde 2001

Com 16 gols, ataque santista tem seu melhor início de Paulistão desde 2001

Atualizado: Segunda-feira, 31 Janeiro de 2011 as 2:01

O ataque do Santos começou o Paulistão 2011 com tudo. Mesmo com desfalques muito importantes, o time tem conseguido infernizar as defesas adversárias. Tanto que conseguir 16 gols nos cinco primeiros jogos do estadual, o que representa seu melhor início na competição em dez anos, pelo menos no que se refere ao número de gols marcados. Em 2001, o Peixe fez 17 gols nas cinco primeiras rodadas da competição. Em 2006, a equipe venceu todos os cinco primeiros jogos, mas marcando 13 gols. Neste ano, são quatro vitórias e um empate.     O Santos ainda não tem Neymar, que está com a Seleção Brasileira sub-20, nem Paulo Henrique Ganso, em fase final de recuperação de uma lesão no joelho esquerdo. Mas está conseguindo, pelo menos neste início de ano, marcar mais gols que a equipe do ano passado, que encantou o Brasil exatamente por sua capacidade ofensiva.

Em 2010, a equipe balançou as redes 13 vezes nos cinco primeiros jogos do Paulistão. Depois, embalou e conseguiu goleadas impressionantes: como um 9 a 1 em cima do Ituano, além dos shows de gols pela Copa do Brasil: 10 a 0 sobre o Naviraiense-MS e 8 a 1 no Guarani.

Sem Ganso e Neymar, abriu-se espaço para outros jogadores brilharem. Elano e Maikon Leite, com cinco gols cada, dividem a artilharia do Paulistão. Keirrison e Zé Eduardo completam a lista, ambos com três cada um.

- O time está se encaixando. A garotada tem jogado muito bem, encarando bem a pressão. Temos grandes jogadores que ainda não estrearam, mas os meninos que estão jogando conseguem dar conta - comentou Elano.

O desempenho do ataque santista ano ano desde 2001

2011 - 16 gols

2010 - 13 gols

2009 - 7 gols

2008 - 4 gols

2007 - 13 gols

2006 - 10 gols

2005 - 13 gols

2004 - 11 gols

2003 - 11 gols

2001 - 17 gols

Em 2002, o Paulistão foi disputado apenas por times menores. Os grandes participaram do Torneio Rio-São Paulo. Os dados são do Centro de Memória e Estatística do Santos.    

veja também