MENU

Com Adriano do outro lado, Inter de Milão tenta manter império no Italiano

Com Adriano do outro lado, Inter de Milão tenta manter império no Italiano

Atualizado: Sexta-feira, 27 Agosto de 2010 as 7:53

Adriano voltou à Itália com o mesmo apelido que o consagrou no Internazionale de Milão. Também em condições parecidas: apesar de artilheiro do Brasileirão e principal peça do Flamengo, lutou contra a balança e problemas extra-campo. Mas se o Roma sonha em acabar a partir deste sábado com o império dos nerazzurri, que já dura cinco anos no Campeonato Italiano , as chances de sucesso passam pelos pés e cabeça do Imperador. Fiquei muito feliz com a chegada do Adriano. Tenho certeza de que daremos um salto de qualidade muito grande no ataque, caso ele repita o bom futebol que apresentou na Inter de Milão, Seleção Brasileira e Flamengo – disse o zagueiro e companheiro Juan. Ainda acima do peso, o atacante iniciou a temporada no banco e sofreu na última quinta uma lesão muscular que o afastará dos gramados por até um mês. Será ausência na estreia do time da capital, neste sábado, às 15h45m (de Brasília), contra o Cesena do goleiro Diego Cavalieri. O jogo de abertura da competição acontecerá às 13h do mesmo dia, entre Udinese e Genoa, de Rafinha. De fato a boa quantidade de brasileiros não chega a ser uma novidade. Quem também aumentou essa lista foi o meia Hernanes, contratado pelo Lazio junto ao São Paulo por € 10 milhões (R$ 22,4 mi) - no sábado, confira entrevista exclusiva com Hernanes no GLOBOESPORTE.COM. O meia Diego fez o caminho inverso. Chegou ao Juventus por € 25 milhões e deve sair por € 15 milhões, em apenas uma temporada.

Enquanto isso, nomes como Alexandre Pato, Thiago Silva, Ronaldinho Gaúcho, Felipe Melo, Juan, Julio Cesar, Maicon, Lucio, entre outros, seguem firmes. De volta, Adriano busca reconquistar o seu espaço. Mas, se depender do ex-companheiro Hernanes, a recuperação pode atrasar um pouco.

– Acredito que ele possa voltar a brilhar como nos tempos de São Paulo. Depende dele e de mais ninguém. Mas tomara que demore um pouquinho – brincou o jogador do Lazio, principal rival do Roma.

Onze equipes de técnico novo

Fora do campo, o mercado andou agitado. Ao todo, 11 das 20 equipes do campeonato trocaram seus treinadores. Entre eles, o campeão Inter, e os tradicionais Milan e Juventus. Rafa Benítez assumiu o lugar do multicampeão José Mourinho; Leonardo foi demitido do Rubro-Negro e Massimiliano Allegri contratado; enquanto Luigi Del Neri assumiu a Velha Senhora. Na Fiorentina, Cesare Prandelli saiu para treinar a seleção italiana. O ex-jogador sérvio Sinisa Mihajlovic ocupará o posto. Entre os jogadores, o atacante Mario Balotelli deixou o Inter por exorbitantes € 35 milhões (R$ 78 mi). Maicon, assediado durante todo o verão pelo Real Madrid, permaneceu, para satisfação do técnico espanhol Benítez. O rival Milan ainda procura em Ibrahimovic a ambição que lhe faltou nas últimas temporadas. Caminho semelhante segue o Juventus, detentor de 27 scudettos, que vendeu Diego, dispensou Cannavaro, mas gastou nas aquisições, definitivas ou por empréstimo, de Aquilani, Pepe, Bonucci, Jorge Martínez, Krasic e provavelmente Burdisso.

Para voltarem a ser protagonistas, no entanto, tanto Milan quanto Juventus precisam de resultados mais convincentes. Para Juan, não será fácil.

– Pelo retrospecto das últimas temporadas, acredito que a Inter de Milão continuará sendo a equipe a ser batida no Campeonato Italiano. A maior baixa deles foi Mourinho. Mesmo assim, o clube contratou um treinador à altura e também vitorioso, Rafael Benítez. Sabemos das dificuldades, mas vamos para a competição acreditando no nosso potencial. Quase conseguimos o título na última temporada e nosso objetivo é superar esse desempenho – analisou o zagueiro.

Thiago Silva também opinou sobre os favoritos.

– Eles (Inter) têm uma forte equipe, uma base consolidada. Mas não podemos apontar somente um favorito, pois o Milan, o Roma e outras equipes também vão brigar. Respeitamos, mas não tememos o Inter – contou.

Confira a primeira rodada completa :

* Horários de Brasília

Sábado

13h - Udinese x Genoa

15h45 - Roma x Cesena

Domingo

13h - Bari x Juventus

15h45 - Milan x Lecce

15h45 - Chievo x Catania

15h45 - Fiorentina x Napoli

15h45 - Palermo x Cagliari

15h45 - Parma x Brescia

15h45 - Sampdoria x Lazio

Segunda-feira

15h45 - Bologna x Inter de Milão

veja também