MENU

Com autonomia, Luxemburgo assume e promete coisa boa para o Galo

Com autonomia, Luxemburgo assume e promete coisa boa para o Galo

Atualizado: Quinta-feira, 10 Dezembro de 2009 as 12

Recepcionado por uma multidão de torcedores do Atlético-MG, o técnico Wanderley Luxemburgo chegou na tarde desta quarta-feira a Belo Horizonte, foi apresentado e já deixou claro como será seu trabalho: com autonomia total para comandar o futebol do clube. O técnico não prometeu títulos, mas garantiu: ''alguma coisa muito boa para o Atlético'' vai acontecer.

Para mostrar como planeja trabalhar, Luxemburgo deu um exemplo de sua época de Cruzeiro. ''O Kalil me contratou para ser responsável pelo futebol. O futebol do Atlético fica sob minha responsabilidade. Como falei para o presidente Zezé Perrella (Cruzeiro): você pode contratar o Alex porque seguro a onda e ele vai dar o retorno. Se ele não der, pago o salário. Quero o futebol para ter esse tipo de decisão, em conjunto com ele (Alexandre Kalil)'', afirmou.

Luxemburgo diz não se sentir pressionado pelo jejum de grandes títulos do Galo. A única conquista nacional foi o distante Campeonato Brasileiro de 1971. ''Não vou carregar nenhum peso de 37 anos'', garantiu. Apesar disso, prevê títulos: ''Sou um homem de projeto. Tenho um projeto de dois anos que vou ganhar sim. Disso não tenho dúvida''.

O técnico fez questão de dizer que, ao contrário do que alguns divulgaram, não será candidato a nenhum cargo nas próximas eleições, em outubro de 2010. ''Se assinei por dois anos, seria muito irresponsável ir para outro lugar. A resposta está dada. Não sou irresponsável'', cravou.

De acordo com o treinador, a transferência para o Atlético já havia sido tentada outras vezes. ''Esse namoro já vinha de longo tempo. Todas as vezes que surgiam a oportunidade, discutíamos, mas não chegávamos a concretizar'', afirmou.

Por Fred Gonçalves

veja também