MENU

Com colorados de exemplo, Inter de Milão valoriza Mazembe

Com colorados de exemplo, Inter de Milão valoriza Mazembe

Atualizado: Sexta-feira, 17 Dezembro de 2010 as 2:09

O exemplo vai de Porto Alegre até Milão. Um dia antes de duelar com o Mazembe na final do Mundial de Clubes, o Internazionale usa como alerta a vitória dos africanos sobre o Colorado nas semifinais. Rafa Benítez, o técnico da equipe italiana, quer evitar que se torne inútil o eventual domínio de seus comandados sobre o adversário, como aconteceu com o Inter e também com o Pachuca, do México.

Ele garante que não faltará atenção a sua equipe. O treinador prevê dificuldades contra o Mazembe.

- O Pachuca foi bem, mas não venceu. O Internacional foi bem, mas não venceu. Sabemos que será difícil, mas a concentração tem que ser 100% - disse o treinador.

Benítez disse que é um orgulho ser o adversário da primeira equipe africana a chegar a uma final de Mundial. Eles se sentem parte da história.

- Jogar contra a primeira equipe africana em uma final é um orgulho para nós. Será algo diferente. Isso é importantíssimo também para nós, porque seremos parte da história. É uma surpresa não ter uma equipe sul-americana, sabemos como é importante para eles, mas o Mazembe mereceu estar na final.

O volante Cambiasso também prega respeito ao Mazembe. E lembra as vitórias dos africanos sobre equipes que, em tese, tinham tudo para avançar.

- Temos que dar méritos a uma equipe que enfrentou dois adversários que eram favoritos. Temos que ter todo o respeito e buscar o resultado em campo – afirmou o argentino.

Internazionale e Mazembe decidem neste sábado, às 15h (de Brasília), no Zayed Sports City, em Abu Dhabi, quem será o campeão mundial de futebol. Às 12h, Inter e Seongnam, da Coreia do Sul, disputam o terceiro lugar.    

veja também