MENU

Com desfalques, Muricy comanda coletivo com apenas 20 jogadores

Com desfalques, Muricy comanda coletivo com apenas 20 jogadores

Atualizado: Quarta-feira, 13 Julho de 2011 as 12:23

Muricy Ramalho: problemas para montar equipe

até em treino (Foto: Ricardo Saibun / Santos FC)

  A escassez de jogadores no elenco do Santos não permite ao técnico Muricy Ramalho formar dois times completos para comandar treinamentos coletivos. Nesta quarta-feira, o treinador foi obrigado a escalar duas equipes com apenas dez jogadores cada para começar a planejar a formação que será utilizada no sábado, contra o Atlético-MG, às 21h (horário de Brasília), na Vila Belmiro, pelo Brasileirão.

Os meias Elano, Paulo Henrique Ganso, e o atacante Neymar estão disputando a Copa América com a Seleção Brasileira. O volante Danilo e o meia Felipe Anderson estão em Teresópolis, com a Seleção sub-20 (esses dois chegam na sexta-feira para participar do jogo contra o Galo). O lateral-esquerdo Léo está gripado e é dúvida. Já o atacante Borges sente dores musculares e não participou do coletivo, mas ainda não está descartado. O volante Adriano, com lesão muscular na coxa direita, segue sem previsão de retorno. Isso sem contar os atletas que deixaram o clube após a Taça Libertadores: Alan Patrick, Jonathan, Maikon Leite e Zé Eduardo. Keirrison vem treinando, mas já está descartado, pois o seu contrato de empréstimo termina no próximo dia 31.

  Ainda assim, Muricy aproveitou para observar o comportamento do time titular com três zagueiros. Durval, Edu Dracena e Bruno Rodrigo. Como Léo não treinou, Pará se revezou entre as alas direita e esquerda. No meio, Arouca e Possebon. Sem Borges, Muricy adiantou Diogo, que atuou entre Tiago Alves e Rychely.

Para o jogo contra o Atlético, caso Léo não possa atuar, Muricy pode escalar Danilo na lateral-direita, com Pará na esquerda. Leandro Silva, lateral-direito contratado na última terça-feira, será inscrito até quinta e ficará à disposição, mas deverá ficar no banco. A provável escalação santista para sábado: Rafael, Bruno Rodrigo, Edu Dracena e Durval; Danilo, Arouca, Possebon, Diogo e Pará (Léo); Rychely e Borges.        

veja também