MENU

Com final de jogo eletrizante, Zenit sai na frente do Benfica

Com final de jogo eletrizante, Zenit sai na frente do Benfica

Atualizado: Quarta-feira, 15 Fevereiro de 2012 as 6:27

Mário André Monteiro, iG São Paulo

Equipe russa bateu os portugueses no primeiro jogo das oitavas de final da Liga dos Campeões e agora precisa de um empate em Portugal

 

 

Brasileiro Bruno César tenta jogada pelo Benfica contra o Zenit, na Rússia

Foto: AP

 

Bicampeão europeu na década de 60, o Benfica iniciou a fase de mata-mata da Liga dos Campeões da Europa com derrota fora de casa. Com quatro brasileiros no time titular - Artur, Luisão, Emerson e Bruno César -, a equipe portuguesa perdeu de 3 a 2 do Zenit, de virada, e agora precisa vencer no jogo de volta para avançar às quartas de final da competição.

Maxi Pereira fez o primeiro da partida a favor do Benfica, mas Shirokov deixou tudo igual antes do intervalo. Na segunda etapa, dois jogadores que vieram do banco de reservas foram fundamentais para o triunfo russo. Bystrov cruzou e Semak, de letra, virou. Cardozo chegou a empatar faltando três minutos, mas o mesmo Shirokov aproveitou bobeira da zaga adversária para anotar o terceiro dos russos e decretar o placar final.

Confira a tabela de jogos completa das oitavas de final da Champions League

O segundo duelo entre o Benfica e Zenit acontece no dia 6 de março, uma terça-feira, no estádio da Luz, em Lisboa. Os russos podem até empatar em Portugal para seguir adiante na Champions League, enquanto a equipe lusa se classifica se vencer por 1 a 0 ou por qualquer outro placar que tenha dois gols de diferença.

O jogo O primeiro tempo foi bastante disputado e com chances de gols para as duas equipes. E quem abriu o placar foi o Benfica, aos 20 minutos, através do lateral Maxi Pereira. O uruguaio aproveitou rebote do goleiro Zhevnov após chute de Cardozo e mandou para as redes, deixando os portugueses em vantagem.

 

Sete minutos mais tarde, os donos da casa empataram, para delírio dos torcedores que encheram o estádio Petrovskiy, em São Petesburgo. Hubocan cruzou da esquerda e Shirokov, já dentro da área, acertou um belo chute de primeira para vencer o goleiro Artur.

Na segunda etapa, a partida continuou equlibrada. O Benfica criava boas chances com o meia argentino Aimar, que entrou no lugar do espanhol Rodrigo, contundido, enquanto os anfitriões apostavam nas jogadas pelo lado direito do campo, sempre nas costas do lateral esquerdo Emerson.

Aos 25 minutos, Cardozo quase recolocou os visitantes na frente do placar, mas chutou mascado após cruzamento da esquerda e o goleiro Zhevnov fez bela defesa no canto. E fez falta, porque no lance seguinte, Semak acertou um lindo toque de letra e virou o marcador para o Zenit. De novo em jogada pela direita, Bystrov mandou para área e o atacante russo só desviou do goleiro Artur.

Kerzhakov, aos 34 minutos, teve a chance de ampliar para os anfitriões, mas o chute forte acertou a rede pelo lado de fora. Quando tudo parecia que caminhava para uma vitória do Zenit, os minutos finais ficaram eletrizantes.

O paraguaio Cardozo, aproveitando novo rebote do goleiro rival, empatou a partida para o Benfica aos 42 minutos. Mas, no minuto seguinte, a zaga portuguesa bateu cabeça e a bola sobrou limpa para Shirokov, que só teve o trabalho de tirar do goleiro Artur e marcar seu segundo tento na partida, decretando o emocionante 3 a 2 para os russos.

FICHA TÉCNICA ZENIT 3 X 2 BENFICA

Local: Estádio Petrovskiy, em São Petesburgo-RUS
Data: 15 de fevereiro de 2012, quarta-feira
Horário: 15h (de Brasília)
Árbitro: Jonas Eriksson (Suécia)
Assistentes: Stefan Wittberg e Fredrik Nilsson (Suécia)
Cartões amarelos: Bruno Alves, Anyukov (ZEN); Bruno César, Luisão, Aimar (BEN)

GOLS:
BENFICA - Maxi Pereira, aos 20& do 1º tempo; Cardozo, aos 42& do 2º tempo
ZENIT - Shirokov, aos 27& do 1º tempo e 43& do 2º tempo; Semak, aos 26& do 2º tempo

ZENIT: Zhevnov, Anyukov, Bruno Alves, Lombaerts e Hubocan; Denisov, Shirokov, Kanunnikov (Bystrov) e Zyryanov (Semak); Fayzulin (Rosina) e Kerzhakov. Técnico: Luciano Spalletti.

BENFICA: Artur, Maxi Pereira, Luisão, Garay e Emerson; Matic, Witsel, Bruno César (Nolito), Rodrigo (Pablo Aimar) e Gaitán (Miguel Vitor); Cardozo. Técnico: Jorge Jesus.


Continue lendo...

veja também