MENU

Com gol de Petkovic, Flamengo vence o Atlético-GO e chega ao G-4

Com gol de Petkovic, Flamengo vence o Atlético-GO e chega ao G-4

Atualizado: Domingo, 18 Julho de 2010 as 9:31

Com um gol de Petkovic, de pênalti, aos 36 minutos do primeiro tempo, o Flamengo derrotou o Atlético-GO por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Serra Dourada, em Goiânia, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória manteve o time carioca com 100% de aproveitamento após a Copa do Mundo.

Mais do que isso, o triunfo levou o Flamengo para 15 pontos. Com os resultados dos outros jogos deste domingo, a equipe, empatada com o Cruzeiro, está dentro do G-4. O Atlético-GO, por sua vez, segue com quatro, na última posição do Campeonato Brasileiro.

"O Rogério Lourenço fez as substituições certas e asseguramos a vitória. No Campeonato Brasileiro, o que conta é o resultado, mesmo sem apresentar um grande futebol. Porém, valeu também porque fizemos um bom primeiro tempo", salientou o zagueiro Ronaldo Angelim.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo recebe o Avaí, na quarta-feira, às 21h, no Maracanã. No mesmo dia, mas no horário das 21h50, o Atlético-GO, novamente no Serra Dourada, encara o Corinthians. Mesmo jogando no Serra Dourada, a torcida do Flamengo era superior, deixando o time com a sensação de atuar em casa. Porém, foi o Atlético-GO que começou melhor na partida.

O Flamengo até chegava ao gol de Márcio, mas os goianos eram mais perigosos e só não abriram o placar por causa de Marcelo Lomba. O camisa 29 salvou os cariocas num cruzamento traiçoeiro de Dida e na falta cobrada por Róbston.

O primeiro tempo caminhava para terminar empatado, mas, aos 35 minutos, Diego Maurício fez boa jogada pela esquerda e acabou derrubado dentro da área por Gilson. Petkovic, aos 36, bateu o pênalti e colocou o Flamengo em vantagem.

Com o Atlético-GO atrás no placar, Roberto Fernandes voltou para o segundo tempo com duas alterações. O técnico sacou Pituca e Rodrigo Tiuí e colocou, respectivamente, William e Juninho. O Flamengo retornou sem nenhuma mexida.

O segundo tempo, ao contrário do primeiro, não começou tão empolgante. O Atlético-GO tinha mais a posse de bola, mas não chegava com perigo ao gol de Marcelo Lomba. O Flamengo, por sua vez, resolveu adotar a tática do contra-ataque, mas sem sucesso.

Percebendo que o Flamengo parou de jogar, o técnico Rogério Lourenço, aos 20, tirou Diego Maurício e colocou Cristian Borja para dar uma maior movimentação no ataque carioca. No minuto seguinte, o Atlético-GO quase empatou.

Aos 34 minutos, William, machucado, precisou sair para a entrada de Anaílson. No Flamengo, Rômulo entrou na vaga de Kleberson. O time carioca não fazia uma boa partida, mas estava conseguindo segurar o ímpeto dos goianos. No fim, na base do “tudo ou nada”, o Atlético-GO foi para cima do Flamengo e teve chances para empatar. O Flamengo ainda poderia ter feito o segundo, com Cristian Borja, mas o placar não foi alterado e os cariocas venceram por 1 a 0.

ATLÉTICO-GO 0 x 1 FLAMENGO

Atlético-GO

Márcio; Dida, Gilson, Welton Felipe e Chiquinho; Agenor, Pituca (William, depois Anaílson), Róbston e Elias; Pedro Paulo e Rodrigo Tiuí (Juninho).

Técnico: Roberto Fernandes

Flamengo

Marcelo Lomba; Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Correa (Fabrício), Willians, Kleberson (Rômulo) e Petkovic; Vinícius Pacheco e Diego Maurício (Cristian Borja).

Técnico: Rogério Lourenço

Data: 18/07/2010 (domingo)

Local: Serra Dourada, Goiânia (GO)

Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)

Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP)

Cartões amarelos: Pituca e Welton Felipe (Atlético-GO). Juan e Welinton (Flamengo).

Gol: Petkovic (pênalti), aos 36 minutos do primeiro tempo.  

veja também