MENU

Com Mano e Ney, CBF anuncia novo patrocinador em evento no Rio

Com Mano e Ney, CBF anuncia novo patrocinador em evento no Rio

Atualizado: Terça-feira, 3 Maio de 2011 as 3:52

Mano Menezes e Ney Franco em evento da CBF em Santa Teresa (Foto: Mowa Press)

  A CBF oficializou nesta terça-feira, em um hotel em Santa Teresa, no centro do Rio de Janeiro, o acordo com o 11º patrocinador da Seleção Brasileira. Trata-se da empresa suíça de relógios Parmigiani. No evento, além do presidente da entidade, Ricardo Teixeira, participaram o técnico da equipe principal, Mano Menezes, o coordenador das categorias de base e treinador da sub-20, Ney Franco, e executivos da empresa europeia.

O contrato vale não apenas para a seleção principal, mas para todas as outras categorias de base e também a seleção feminina. O valor do acordo, que vai até 2016, não foi revelado. O nome da empresa não vai ser exposta no uniforme. Mas a Parmigiani passa a ter o direito a explorar a marca da seleção brasileira em eventos e produtos. 

- Comemoramos a chegada de mais um parceiro. Espero que esta parceria dure por muitos e muitos anos - disse o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. 

O grupo Parmigiani já patrocina o Olympique, na França. Mas está entrando pela primeira vez no futebol brasileiro com esta parceria com a seleção.  

- Ninguém tem qualidade maior do que o futebol da Seleção Brasileira. A tradição do futebol no Brasil é conhecida mundialmente. Quando falam em futebol todos pensam no Brasil. Assim como o Brasil, a Parmigiani não depende dos outros. É independente e criativa - Jean Marc Jacot, que ganhou da seleção brasileira autografada pelos jogadores convocados para o amistoso contra a Escócia, em março, em Londres.

O primeiro relógio da empresa com a marca da seleção brasileira deve ser lançado em junho para o confronto entre Brasil e Romênia, no Pacaembu, em São Paulo. Ao todo, a empresa vai produzir três coleções: uma mais acessível, uma para lojistas e outra para colecionadores. O modelo mais barato custará cerca de US$ 15 mil (R$ 24 mil) e o mais caro na casa dos US$ 150 mil (R$ 240 mil).

Os próximos compromissos da Seleção Brasileira vão acontecer em junho. O primeiro jogo do time canarinho será contra a Holanda, no dia 4, no Serra Dourada, em Goiânia. Três dias depois, a equipe vai encarar a Romênia, no Pacaembu, em São Paulo. O jogo marcará a despedida de Ronaldo Fenômeno da amarelinha. 

Mano Menezes, Jean Marc Jacot, Ricardo Teixeira e Ney Franco (Foto: Mowa Press)        

veja também