MENU

Com objetivos opostos, ASA e Vitória disputam seus destinos

Com objetivos opostos, ASA e Vitória disputam seus destinos

Atualizado: Sábado, 26 Novembro de 2011 as 9:51

O Estádio Municipal de Arapiraca recebe, às 17h deste sábado (horário de Brasília), o “jogo da vida” de ASA e Vitória. Com objetivos distintos, igualmente importantes, as equipes duelam na partida que vai definir seus destinos no Campeonato Brasileiro. Diante de sua torcida, o time alagoano precisa do triunfo para se manter na Série B. Já a equipe baiana busca os três pontos – e torce por tropeços de Bragantino e Sport – para fechar o ano com o acesso à Primeira Divisão.

Apenas um ponto separa o ASA, 15º colocado com 48 pontos, do 17º, o Icasa. Chegando de duas vitórias consecutivas, o time pretende engatar a terceira para não sentir o gosto amargo do rebaixamento. Em casa, a equipe de Alagoas acumula onze triunfos, nove empates e apenas três derrotas no Campeonato Brasileiro.

Na sexta posição com 57 pontos, a um ponto do quarto colocado, o Sport, o Vitória se segura na fé para deixar para trás a derrota de virada para o São Caetano, e sair de Arapiraca com o triunfo e o acesso. Além de bater o ASA, o Rubro-Negro baiano fica de olho nas partidas entre Vila Nova x Sport e Paraná Clube x Bragantino. Fora de casa, o histórico preocupa: o Leão tem quatro vitórias, sete empates e sete derrotas.

Focado no confronto, o técnico do ASA, Vica, abusou do mistério para definir a equipe que entrará em campo. Depois de comandar um coletivo na quinta-feira, o treinador realizou as atividades de sexta com portões fechados. Neste sábado, o time alagoano deve ter a seguinte formação: Gilson; Sergio Bueno, Leandro Cardoso, Toninho, Di Fabio e Chiquinho Baiano; Cal e Jorginho, Raul, Francismar e Alexsandro.

No Vitória, o técnico Vagner Benazzi precisa solucionar desfalques: o atacante Marquinhos e o volante Uelliton tornaram a ser vetados pelo departamento médico. Neto Coruja, considerado um dos melhores jogadores em campo na última partida, vai cumprir suspensão.

Mas nem todas as notícias são ruins: o Rubro-Negro terá o retorno de Preto, que estava suspenso, e de outros dois jogadores que passaram muito tempo longe dos gramados. Depois de cumprir 90 dias de suspensão, Rildo deve figurar no ataque do Leão. Já Rodrigo Mancha volta a ficar à disposição depois de se recuperar de uma lesão no ombro que o deixou fora de combate por quatro meses. No confronto contra o ASA, Benazzi deve mandar a campo Douglas; Nino, Jean, Gabriel Paulista e Fernandinho; Charles Vagner, Preto, Gilberto e Geovanni; Rildo e Fábio Santos.

Um trio carioca vai comandar a partida. Péricles Bassols Pegado Cortez apita o jogo, auxiliado por Ediney Guerreiro Mascarenhas e Jackson Massarra dos Santos. No GLOBOESPORTE.COM, você confere a cobertura do confronto em Tempo Real a partir das 16h30m (horário de Brasília).      

veja também