MENU

Com opções distintas, Palmeiras elege novo presidente nesta quarta

Com opções distintas, Palmeiras elege novo presidente nesta quarta

Atualizado: Quarta-feira, 19 Janeiro de 2011 as 10:06

A partir das 19h desta quarta-feira, o Palmeiras começará a escolher o seu próximo presidente para o biênio. Além do substituto de Luiz Gonzaga Belluzzo, a eleição abrange ainda a definição de quatro vice-presidentes e ainda os membros do Conselho de Orientação Fiscal (COF) – 15 titulares e sete suplentes.

Arnaldo Tirone, Paulo Nobre e Salvador Hugo Palaia são so concorrentes ao posto de Belluzzo, que assumiu a presidência no início de 2009.

Ao todo, 288 conselheiros votarão para eleger o presidente, quatro vices e os membros do COF. A votação ocorrerá na Academia de Futebol e com urnas eletrônicas, equipamento usado desde as eleições de 2007.

Confira um breve perfil dos candidatos:

Arnaldo Tirone Filho - O candidato da oposição tem 60 anos e é associado ao clube desde 1955. Sua família sempre foi ligada à diretoria palmeirense - é filho de Arnaldo Tirone, famoso dirigente do Palmeiras nos tempos dos presidentes Delfino Facchina e Ferrucio Sandoli. Empresário do ramo imobiliário, Pituca, como é conhecido, é ligado aos ex-presidentes Mustafá Contursi, Afonso Della Monica e Carlos Facchina, Tirone faz parte do grupo de Roberto Frizzo, candidato derrotado nas eleições passadas por Luiz Gonzaga Belluzzo e nome forte para ser seu vice de futebol, se a oposição vencer as eleições.

Paulo Nobre - Aos 42 anos, o advogado e corredor de rali aparece como o candidato mais jovem dessas eleições. Apesar das ideias vistas como modernas, ele tem o apoio de figuras bem conhecidas do torcedor palmeirense, que já passaram por cargos importantes: Gilberto Cipullo, Seraphim Del Grande, Savério Orlandi e Genaro Marino, ex-membros da diretoria de Luiz Gonzaga Belluzzo.  Nobre se coloca como uma "terceira via" dentro do clube. Nesta eleição, ele se negou a ser vice da chapa de Salvador Hugo Palaia, causando um racha na situação. Até por isso foi constantemente atacado pelo concorrente durante o período de campanha.

Salvador Hugo Palaia - Candidato mais experiente (tem 77 anos) e também mais conhecido dos torcedores, o empresário também do ramo imobiliário é visto como uma figura polêmica no clube. Palaia já ocupou diversos cargos de diretoria no Palmeiras há mais de três décadas. Na gestão Belluzzo, ele foi vice-presidente e chegou a assumir o comando do clube quando o mandatário passou por problemas de saúde e precisou se afastar por 45 dias. Apesar da idade mais avançada em relação aos demais concorrentes, Palaia acredita que sua experiência com os problemas que já enfrentou no Alviverde podem ajudá-lo a finalmente assumir como presidente.

veja também