MENU

Com São Paulo em risco, Teixeira se reúne com paulistas após a Copa

Com São Paulo em risco, Teixeira se reúne com paulistas após a Copa

Atualizado: Quinta-feira, 17 Junho de 2010 as 3:52

A exclusão do Morumbi da lista de sedes para a Copa do Mundo de 2014 deixou a cidade de São Paulo em meio a um clima de incerteza. A Confederação Brasileira de Futebol garante que defende a permanência da capital paulista, mas, por enquanto, a sede está sob risco, pois depende da aprovação de outro projeto de estádio.

Para aparar as arestas, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, planeja se reunir com autoridades paulistas logo depois da Copa do Mundo da África do Sul. A ideia do mandatário é encontrar com as cúpulas dos governos municipal e estadual no dia 13 de julho. Há a possibilidade de o secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, participar da reunião.

Até lá, a expectativa do Comitê Organizador da Copa-2014 é de que a capital paulista já tenha ao menos um esboço de novo projeto, preferencialmente com as garantias financeiras.

O Morumbi foi excluído oficialmente do torneio na quarta-feira, mas a situação já vinha se complicando há mais tempo. O projeto tricolor aprovado pela entidade máxima do futebol mundial era orçado em R$ 630 milhões, mas a diretoria são-paulina recuou e tentou enviar outra proposta com modelo mais barato, de R$ 265 milhões.

Como prazo para mudanças nos projetos expirou no mês passado, o estádio são-paulino foi desclassificado. No entanto, para a cidade de São Paulo seguir como sede, a Fifa deverá abrir uma exceção e avaliar o modelo de sua nova arena. Ninguém na CBF confirma, mas o estádio em Pirituba sempre foi apontado como plano B.

Por Luiz Ricardo Fini

veja também