MENU

Com torcida em festa, Coritiba passa pelo Grêmio no Couto Pereira

Com torcida em festa, Coritiba passa pelo Grêmio no Couto Pereira

Atualizado: Segunda-feira, 10 Outubro de 2011 as 8:12

Apesar da forte chuva, as arquibancadas do Estádio Couto Pereira entraram em ebulição no fim da tarde deste sábado. Com torcedores e time sintonizados, o Coritiba venceu o Grêmio por 2 a 0, aproximando-se do G-5 do Campeonato Brasileiro, na 28ª rodada. Com a vitória, o Coxa sobe para 40 pontos, chegando provisoriamente à sétima colocação. Já o Grêmio por enquanto perde um lugar, caindo para décimo, com 39. Marcos Aurélio e Jéci marcaram os gols que provocaram a festa dos alviverdes - o público total quase chegou a 22 mil pessoas.

No Dia das Crianças - quarta-feira, 12 de outubro - o Grêmio recebe o Figueirense às 16h, no Estádio Olímpico. Na quinta seguinte, às 20h30m, o Coritiba visita o Fluminense no Engenhão.   Jéci confirmou a vitória do Coritiba no segundo tempo (Foto: Agência Estado)

    Equilíbrio

Apesar dos desfalques - Celso Roth, que já perdera Douglas, André Lima e Miralles, ficou também sem Edcarlos em razão de uma virose - o Grêmio teve um bom início. No 4-2-3-1, a equipe gaúcha controlou a posse de bola, com alto índice de acerto nos passes. Mas pouca objetividade.

Organizado no mesmo sistema tático, o Coritiba evitou a aproximação do adversário, mantendo o Grêmio restrito ao espaço entre as intermediárias. E, embora sem tanta agressividade assim, concluiu mais vezes.

E foi desta forma que chegou ao 1 a 0 parcial, aos 14. Primeiro, Léo Gago arriscou de fora, acertando a trave; depois, Marcos Aurélio aproveitou o rebote. Na sequência, Roth perdeu Brandão, com lesão muscular, e trocou o centroavante pelo volante Adilson, adiantando Diego Clementino para o ataque.

Aos poucos o Coritiba praticamente igualou a posse de bola, e o Grêmio, arriscando mais, praticamente igualou o número de finalizações.

Festa

Para compensar a substituição com enfoque defensivo do primeiro tempo, Roth proporcionou a Yuri "Mamute", de 16 anos, estrear no grupo profissional, em lugar de Clementino. A ideia do treinador gremista era devolver ao time a figura do centroavante de referência.

Mas o Grêmio voltou a perder objetividade, e não conseguiu criar novas chances. Empolgados pelo resultado e pela chuva, os torcedores do Coxa aumentaram o tom da cantoria e mantiveram os donos da casa interessados na partida.

A festa alviverde consumou-se com o zagueiro Jéci, na metade final do segundo tempo. Assegurada a vitória após cobrança de escanteio, todos no Couto Pereira transformaram o incentivo em comemoração.

O desfecho veio com os gritos de "olé" após troca de passes. Com mérito, o Coritiba freou a sequência de três vitórias dos gremistas.                 Vídeo: Youtube

veja também