MENU

Com tropeços da Argentina, Mano diz que Copa América não tem favorito

Com tropeços da Argentina, Mano diz que Copa América não tem favorito

Atualizado: Sexta-feira, 8 Julho de 2011 as 4:35

Mano Menezes acha que favoritos precisam

comprovar tal condição na bola (Foto: AP)

  Até então apontados como favoritos para vencer a Copa América, Argentina, Brasil e Uruguai ainda não convenceram no torneio continental. Enquanto os hermanos, donos da casa, empataram duas vezes, contra Bolívia (1 a 1) e Colômbia (0 a 0), o time canarinho e a Celeste tropeçaram nas estreias, diante da Venezuela (0 a 0) e Peru (1 a 1), respectivamente. Na opinião do técnico Mano Menezes, os melhores da competição só seriam conhecidos com o passar dos jogos.

De acordo com o comandante canarinho, o torneio tem se notabilizado pelo equilíbrio de forças no continente. E o maior exemplo foi a Copa do Mundo de 2010, disputada na África do Sul. - Disse que o decorrer da competição apontaria os favoritos. Você pode apontar antes do início do torneio a Argentina pelo fator local, pela história, pela qualidade dos jogadores. Mas somente a competição mostraria com clareza quem seriam os favoritos até o final. Com as primeiras rodadas jogadas, nós temos uma Copa América aberta. E se confirma o que eu disse que teríamos uma paridade maior, observando o nível da Copa do Mundo e o trabalho que cada uma tem feito – analisou.

Mano comentou o novo tropeço da Argentina na Copa América. Após o empate por 1 a 1 com a Bolívia na estreia, os hermanos voltaram a ficar na igualdade no duelo contra a Colômbia (0 a 0). Agora, os donos da casa precisam vencer a Costa Rica na última rodada para se classificar para as quartas de final. Para o treinador brasileiro, todos vão encontrar dificuldades até o fim do torneio.

- Tudo depende dos jogos, do que o adversário faz durante as partidas. Foi o que ocorreu no primeiro jogo do Brasil e da Argentina. Agora temos uma segunda rodada, a Argentina voltou a encontrar dificuldades. Eles estiveram mais perto da derrota do que da vitória. Mas não podemos esquecer a Colômbia, que fez um grande jogo. A partir de agora, nós vamos pensar no Brasil. Temos que fazer um jogo melhor mesmo tendo um adversário melhor. Gosto da responsabilidade compartilhada e vejo no Paraguai uma equipe que pode compartilhar essa responsabilidade com o Brasil – disse o comandante.

Nesta sexta-feira, às 16h (de Brasília), a Seleção Brasileira vai treinar no estádio Mario Kempes, em Córdoba, local do duelo de sábado, contra o Paraguai, pela segunda rodada da Copa América. A partida no sábado, às 16h, terá transmissão ao vivo da TV Globo, do Sportv e do GLOBOESPORTE.COM. O site também acompanha o duelo em Tempo Real.          

veja também