MENU

Com um a menos, Real Madrid busca força e supera o Sevilla no Bernabéu

Com um a menos, Real Madrid busca força e supera o Sevilla no Bernabéu

Atualizado: Segunda-feira, 20 Dezembro de 2010 as 8:58

O Real Madrid precisou se ver em dificuldade para acordar no jogo e, no fim das contas, contabilizar mais uma vitória dentro do Santiago Bernabéu. Neste domingo, o time merengue superou o Sevilla por 1 a 0, gol de Di María. A vantagem só foi conseguida após o Real ficar com um homem a menos (Ricardo Carvalho foi expulso aos 18 da etapa final).

Com o resultado, o Real Madrid se despede de 2010 na segunda posição do Campeonato Espanhol. A equipe soma 41 pontos, dois a menos que o líder Barcelona. O Sevilla, por sua vez, aparece na 11ª posição, com 20 pontos.

Suspenso, o lateral Marcelo foi desfalque para os merengues. Arbeloa jogou improvisado pelo lado esquerdo. No lado do Sevilla, Luis Fabiano foi o brasileiro em ação. O camisa 10 teve atuação apagada na partida.

Primeiro tempo é sofrível

O primeiro tempo foi de uma falta de inspiração assustadora. O Real Madrid praticamente nada criou, a não ser poucas cobranças de falta de Cristiano Ronaldo. A única boa chegada foi de Di María, que obrigou Palop a fazer uma boa defesa.

No lado do Sevilla, também não houve grande futebol nos primeiros 45 minutos. A melhor chance foi já no finzinho, em falta que Casillas deu rebote, mas Pepe estava atento e apareceu antes de todos para afastar o perigo. O segundo tempo começou com o Sevilla ligeiramente mais animado. Aos 13 minutos, o time teve uma grande chance de abrir o marcador com Negredo. O jogador, que foi revelado pelo Real, entrou cara a cara com Casillas, mas bateu por cima do travessão.

Ricardo Carvalho leva o segundo amarelo

O Real Madrid complicou sua situação aos 18 minutos, quando Ricardo Carvalho foi expulso. O português subiu para uma disputa com o cotovelo à frente e acertou a cabeça do rival. A arbitragem mostrou-lhe o segundo amarelo e mandou-o ao chuveiro. Curiosamente, a expulsão mexeu com o time do Real Madrid, que passou a procurar o ataque com mais ímpeto. E foi com a categoria de Di María que o time merengue chegou à vitória. Aos 32, Özil fez grande jogada pela direita e rolou na entrada da área para Pedro León, que encheu o pé. A bola desviou na zaga e sobrou para Di María, na esquerda, quase na linha de fundo. O argentino mostrou classe para chutar a bola entre a trave e Palop. Era o gol do Real Madrid.

A partir daí, José Mourinho, que não havia mexido no time de forma a compensar a expulsão de Carvalho, tratou de armar o ferrolho. Özil deu lugar ao defensor Albiol.

No finzinho, Sevilla também tem um expulso

O Real não mais correu riscos e, ao apito final, comemorou a oitava vitória em oito jogos no Santiago Bernabéu neste Campeonato Espanhol. Já quase nos acréscimos, Dabo fez falta feia em Di María e deixou o número de jogadores igual: dez para cada lado. Foi o último lance digno de registro. Confira a 16ª rodada completa:

Sábado

La Coruña 1 x 1 Sporting Gijón

Levante 1 x 2 Athletic Bilbao

Villarreal 3 x 1 Mallorca

Espanyol 1 x 5 Barcelona

Real Sociedad 1 x 2 Valencia

Domingo

Almería 2 x 3 Getafe

Osasuna 0 x 0 Zaragoza

Málaga 0 x 3 Atlético de Madri

Real Madrid 1 x 0 Sevilla

Segunda-feira

Racing Santander x Hercules

veja também