MENU

Com um gol no fim, América-MG vence Flu e ganha Brasileiro Sub-20

Com um gol no fim, América-MG vence Flu e ganha Brasileiro Sub-20

Atualizado: Quarta-feira, 21 Dezembro de 2011 as 11:06

Com um gol aos 45 minutos do segundo tempo, o América-MG conquistou o título do Campeonato Brasileiro Sub-20 ao vencer o Fluminense por 2 a 1, de virada, nesta terça-feira. Esta foi a primeira conquista da equipe mineira no torneio, cuja decisão foi disputada em Porto Alegre, no estádio Passos D'Areia. Este ano foi realizada a sexta edição da competição.

Mesmo rebaixado no Brasileirão 2011, o América-MG termina o ano como a pedra no sapato do Fluminense. Entre os profissionais havia vencido as duas partidas - 3 a 0 no primeiro turno, na Arena do Jacaré, e 2 a 1 no returno, no Engenhão. E antes da final da competição Sub-20 já tinha derrotado os tricolores na primeira fase (1 a 0). Com apenas dois gols sofridos, o Coelho teve a defesa menos vazada da competição. O vice-campeão Fluminense foi o time de melhor ataque, com 15 gols, e Marcos Júnior foi o artilheiro, com sete.

O Fluminense começou a partida mais objetivo. Explorando o lado direito do ataque, chegou ao gol aos oito minutos. Michael recebeu lançamento na área, matou no peito e bateu com estilo. O América-MG saiu para o jogo, e aos 19 minutos Wellington Carvalho derrubou Flávio na área. Pênalti bem marcado pelo árbitro Leandro Vuaden e convertido por China: 1 a 1.

China comemora o gol de empate do América-MG, ainda no primeiro tempo (Foto: Agência Estado) O domínio voltou para o time carioca, que, no entanto, insistia em infrutíferos cruzamentos da direita e não levava perigo nos escanteios. Em um dos poucos contra-ataques da equipe mineira, Ygor cabeceou perto da trave direita de Silézio. No fim da primeira etapa, o Fluminense quase chegou ao segundo gol. Higor recebeu lançamento e, do bico da pequena área, acertou uma bomba no travessão.

O América-MG teve leve domínio no início do segundo tempo. Entre muita correira e erros dos dois times, as chances de gol diminuíram. Aos 20 minutos, o atacante tricolor Marcos Júnior foi derrubado na área, mas Leandro Vuaden nada marcou. Finalmente, aos 24, um lance de perigo: o mesmo Marcos Júnior recebeu passe na frente do goleiro e perdeu grande chance ao chutar por cima. O jogador do Fluminense protagonizou mais um lance aos 33, desta vez de maneira infeliz. Em uma disputa de bola com o goleiro Mateus, Marcos Júnior levou uma pancada na costela. Com suspeita de fratura, o atacante foi imobilizado e retirado do estádio de ambulância. O jogador foi levado para um hospital para realização de exames.

O Fluminense pressionou nos minutos finais, mas quem marcou foi o América-MG. Aos 45, na cobrança de escanteio, o goleiro Silézio saiu mal, a bola bateu nas costas do zagueiro Lula e entrou. Foi o gol do título. No fim da partida, Vuaden ainda teve de conter uma confusão entre os jogadores.          

veja também